CARAS Brasil
Busca
Facebook CARAS BrasilTwitter CARAS BrasilInstagram CARAS BrasilYoutube CARAS BrasilTiktok CARAS BrasilSpotify CARAS Brasil
TV / Bastidores

Repórter da Globo, Rafael Ihara pede demissão: ‘Hora de seguir’

O repórter Rafael Ihara reflete após pedir demissão da Globo e relembra os cinco anos de trabalho na emissora: ‘Chegou a hora de fechar meu ciclo'

por Priscilla Comoti

pcomoti_colab@caras.com.br

Publicado em 12/12/2023, às 08h19

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Rafael Ihara - Foto: Reprodução / Instagram
Rafael Ihara - Foto: Reprodução / Instagram

O repórter Rafael Ihara anunciou que pediu demissão da Globo após seis anos de trabalho na emissora. Ele fez um post nas redes sociais para refletir sobre sua experiência de trabalho no canal de TV e contou que em breve revelará para onde está indo.

Em seu texto, ele relembrou sua trajetória na Globo. "Certo dia, postei aqui uma foto em preto e branco trabalhando. Tomei bronca dos seguidores: “nunca mais faça isso, parece que você saiu da TV”. Pois bem. Desta vez foi tudo de caso pensado. Depois de 6 anos, 10 meses e 22 dias, chegou a hora de fechar meu ciclo na Globo. O estagiário de 21 anos realizou o sonho de ser repórter aos 23, assim que terminou a faculdade. Começou trocando o dia pela noite cobrindo a violência na madrugada. Passou anos acordando quando ainda estava escuro pra dar “bom dia” às 6 da manhã. Ganhou horas de voo a bordo do GloboCop. Relatou as mortes na pandemia. Cobriu a Marginal Tietê sendo engolida por uma cratera aberta na obra do Metrô. As mortes de Jô Soares, Gugu, Rita Lee. Eleições. Estreou no Jornal Nacional. Pisou no estúdio pra comentar uma série de reportagens sobre os impactos da pandemia na educação", afirmou ele. 

"Em 5 intensos anos na frente do vídeo, recebi muito carinho fantasiado de repórter e, também, como pessoa física. E eu agradeço muito por cada palavra de incentivo, pela torcida, por cada abraço. Visitei muitos lugares porque tinha o microfone da Globo na mão. E, com ele, ajudei a direcionar o canhão de luz da principal emissora do país para quem está à margem. Aprendi muito com muita gente boa. Os melhores profissionais do telejornalismo. Mas sabe do que mais vou sentir falta? Dos amigos que fiz na redação e que vou levar para a vida. @g.porcher, @marianaaldano, @romulodavila, @vazluiza só pra citar os mais próximos. Gente que amo. Jornalistas que admiro. E que, nos dias duros, ofereceram o mais aconchegante abraço. Obrigado", completou. 

Por fim, Ihara contou sobre seu futiro. "Foi um período bom. Muito bom. De altos e baixos. Mais altos do que baixos. E não é fácil ter sabedoria pra perceber que é hora de seguir para um novo desafio. @n.etto, obrigado por me ajudar a descobrir quais são as minhas prioridades hoje e o que quero construir para o futuro. Depois conto para onde estou indo. Aqui, o canal continua aberto para a gente continuar juntos. Sempre será assim. Até!", escreveu. 

Clayton Conservani revela motivo de sua saída da Globo

O repórter e jornalista Clayton Conservani encerrou o contrato com a Globo depois de 27 anos de trabalho. Agora, ele contou o verdadeiro motivo para deixar a emissora.

Em entrevista na Coluna Play, do Jornal O Globo, o profissional contou que seu salário era alto e a emissora optou por encerrar o contrato com ele, mas não descartou futuros projetos por obra certa.

"A partir de março de 2024, já posso voltar a produzir reportagens para o esporte, Globoplay etc. Mas tenho que cumprir esse período sabático. Fiz muitas reuniões com a direção sobre essa mudança, e a mensagem foi muito clara: eles precisaram mudar a forma de trabalho. Meu salário não se encaixava mais na realidade da empresa", disse ele. 

Então, ele contou que poderá entrar em projetos fora da Globo durante essa nova fase em sua carreira. "É lógico que muitas portas podem se abrir e eu vou poder escolher o que é melhor para mim. Parcerias com marcas e campanhas publicitárias já estão sendo negociadas. A Play9 será minha nova casa. Estou muito motivado e empolgado com esta nova fase", afirmou.