CARAS Brasil
Busca
Facebook CARAS BrasilTwitter CARAS BrasilInstagram CARAS BrasilYoutube CARAS BrasilTiktok CARAS BrasilSpotify CARAS Brasil
TV / Triste!

Repórter da CNN não aguenta e chora ao vivo com tragédia: 'Mau cheiro'

No Rio Grande do Sul, repórter da CNN Brasil chora após entrevistar família que estava em busca do pai desaparecido; jornalista não aguentou ver drama

Nataly Paschoal

por Nataly Paschoal

npaschoal@caras.com.br

Publicado em 14/05/2024, às 10h33

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Repórter da CNN Brasil chora ao vivo - Reprodução/Instagram
Repórter da CNN Brasil chora ao vivo - Reprodução/Instagram

Mais um jornalista não aguentou e chorou ao vivo ao testemunhar as tragédias das vítimas das enchentes do Rio Grande do Sul. Um repórter da CNN Brasil, Leandro Magalhães, ficou muito emocionado ao entrevistar uma família e não conseguiu conter as lágrimas.

Em São Leopoldo, o comunicador estava cobrindo a situação do local e falou com pessoas que estavam procurando um pai desaparecido. Segundo o jornalista, o cheiro forte dos locais indicava a presença de cadáveres.

"Uma outra informação lamentável é que o mau cheiro está muito grande e as pessoas estão comentando que mais um corpo foi retirado (dos escombros). Mais um filho que estava tentando entrar em contato com o pai”, falou Leandro, que depois confirmou que o homem estava sem vida.

Dureante a cobertura emocionante, o jornalista também revelou que tinha conseguido convencer uma senhora a ir para um abrigo com sua filha: “Mais cedo, tivemos uma informação positiva de que a senhora Solange, de 68 anos, que não queria sair de casa, foi convencida a passar o aniversário ao lado da filha”.

Assim como ele, a apresentadora da Band, Adriana Araújo, também chorou ao vivo ao falar sobre a tragédia do Rio Grande do Sul. Depois de ter ido ao local cobrir as enchentes, ela retornou ao estúdio e se emocionou ao compartilhar o que vivenciou.

Globo esclarece problemas de segurança com William Bonner no RS

O apresentador William Bonner está no Rio Grande do Sul comandando o Jornal Nacional ao vivo e nos locais atingidos pelas enchentes históricas. Inovando na cobertura, o jornalista tem sido alvo de alguns ataques e a segurança foi questionada.

Nos últimos dias surgiram boatos de que ele estaria se "escondendo" ao surgir em uma cozinha de abrigo para dar as notícias. Diante dos questionamentos sobre o comunicador estar "fugindo" de ataques da população, a Globo se pronunciou ao portal Em Off.

“É completamente improcedente a informação sobre reclamações de William Bonner com relação às coberturas no Rio Grande do Sul, assim como não procedem que venhamos tendo problemas frequentes na segurança de nossos profissionais”, declarou a equipe, em nota. Leia mais aqui.