Reese Witherspoon relembra caso de abuso sexual: ''Era a condição que mantinha meu emprego''

Ao comentar sobre abuso sexual, Reese Witherspoon relembra episódio que viveu

CARAS Digital Publicado terça 5 novembro, 2019

Ao comentar sobre abuso sexual, Reese Witherspoon relembra episódio que viveu
Reese Whiterspoon - Getty Images

Reese Witherspoon e Jennifer Aniston estão divulgando a série estrelada por elas, The Morning Show, baseada em um caso real sobre abuso sexual.

A trama conta a história de Alex Levy (Jennifer Aniston), âncora do programa The Morning Show. Após seu parceiro de 15 anos, Mitch Kessler (Steve Carell) é demitido por má conduta sexual, ela tenta manter seu emprego, causando uma rivalidade com Bradley Jackson (Reese Witherspoon).

Lembrando que a série fala sobre o abuso sexual no trabalho, Jennifer desabafou durante entrevista ao The Guardian: "Tem uma negação absoluta. 'Foi consensual, foi consensual', se você for um narcisista no mesmo nível que esses caras são. Eles pensam: 'É claro que todas as mulheres querem dormir comigo'".

Reese afirmou que as estruturas de poder do entretenimento precisam mudar para garantir um melhor tratamento das mulheres. "Mudanças reais não acontecem, a menos que a estrutura de poder responsável aceite", pontuou.

Em 2017, Witherspoon revelou ter sido abusada por um diretor quando tinha 16 anos e que foi instruída por produtores e agentes a ficar quieta sobre o assunto.

"Gostaria de poder dizer que foi um incidente isolado na minha carreira, mas, infelizmente não foi. Eu tive várias experiências de assédio e agressão sexual. Era uma cultura de silêncio e esse era a condição que mantinha meu emprego. Era isso que me diziam".

Último acesso: 26 Oct 2021 - 06:55:36 (334050).

Leia também

TV CARAS