tv Grande Perda

Phelipe Siani homenageia o sogro, que faleceu vítima de câncer: ''Você deixa um legado de amor''

Luiz Palma tinha 70 anos e lutava contra um câncer há pouco mais de dois meses

CARAS Digital Publicado domingo 14 março, 2021

Luiz Palma tinha 70 anos e lutava contra um câncer há pouco mais de dois meses
Phelipe Siani homenageia sogro que faleceu vítima de câncer - Reprodução/Instagram

Phelipe Siani emocionou os seguidores ao prestar uma homenagem ao sogro. 

Neste último sábado, 13, o pai de Mari Palma, seu Luiz, que estava lutando contra um câncer há pouco mais de dois meses faleceu, e nas redes sociais o jornalista relembrou um momento importante ao lado dele e rasgou elogios. 

"Isso já faz quase 1 ano e meio. Era outubro de 2019 e eu tava ensinando o Luiz Palma a usar a Alexa que eu tinha acabado de instalar pra ele. Era mais uma tentativa nossa de deixar a vida dele um pouquinho mais confortável com a falta da visão. Mesmo sabendo que ele lidava muito bem com esse problema, muito melhor do que a gente, na verdade. É que ele lidava com tudo com a bondade e a luz de sempre", relembrou ele. 

Siani contou que o sogro sempre foi um grande exemplo"A @maripalma é a mulher da minha vida, mas, além do amor mais bonito que eu já conheci, ela também me deu um sogro que me ensinou o que é ser pai de verdade. Logo pra mim, que sempre tive problemas muito sérios com o meu. O Luiz Palma sempre foi uma lição daquilo que eu quero dividir com os meus filhos no futuro. Com os meus filhos e com a filha dele. Eu quero ser como ele sempre foi. Quero ser fortaleza, refúgio, morada, arroz de festa, confessionário, conselheiro e porto seguro. Quero ser conciliador, ponto de equilíbrio, calmante, bom exemplo e amigo. Quero ser amado só um pouco do que ele conseguiu e mereceu ser. E como ele mereceu", ressaltou. 

"Eu sei que é normal, quando alguém morre, a gente usar a emoção do momento pra, por conta própria, "beatificar" quem se foi. Mas eu juro que nesse caso é diferente. Acreditem, meu sogro era uma alma como poucas na Terra. Era aquele ser que usava o olhar "cego" pra oferecer paz, serenidade, amor e sabedoria... muita sabedoria. Eu escrevi cego entre aspas porque ele também me ensinou que olhos saudáveis só são capazes de enxergar a superfície, a casca. Ele enxergava muito além. Ele via o conteúdo, o todo... ele via o que importava. Obrigado por tudo, LP. Você não faz ideia do quanto foi importante, do quanto foi necessário. Você deixa um legado de amor, de respeito, de admiração. Boa viagem. E aproveita a paisagem... agora você pode. Prometo tentar cuidar de tudo que tiver ao meu alcance por aqui, principalmente da sua filha tão amada. Eu te amo demais. Do seu genro tranqueira. PH", finalizou ele. 

Mari Palma também lamentou a morte do pai nas redes sociais e prestou uma bela homenagem para ele. 

Confira: 

Último acesso: 24 Sep 2021 - 14:45:17 (381526).

Leia também

TV CARAS