tv

Pai de Camila Pitanga relata drama da filha tentando salvar vida de Domingos Montagner

"Pai, é uma tragédia. Estou vivendo uma tragédia, meu pai", disse a atriz para Antônio Pitanga

CARAS Digital Publicado sexta 16 setembro, 2016

Antônio Pitanga, Camila Pitanga e Domingos Montagner - TV Globo/Divulgação

Antônio Pitanga, pai de Camila Pitanga, conversou com o jornalismo da TV Globo e contou o drama vivido pela atriz no rio São Francisco na tarde desta quinta-feira, 15.

Na ocasião, a atriz nadava no rio ao lado de Domingos Montagner quando percebeu uma forte correnteza na água. Ela conseguiu nadar até as pedras mais próximas, mas o ator ficou sem fôlego enquanto tentava se aproximar das pedras e acabou sendo arrastado pela correnteza.

+ Após ajudar nas buscas, Marcelo Serrado lamenta tragédia com Domingos Montagner: "Estamos devastados"

"Pai, é uma tragédia. Estou vivendo uma tragédia, meu pai. O Domingos, a correnteza levou o Domingos. Segurei, segurei, pai. Estava segurando na mão dele, tentando trazer ele. Ela não conseguia entender como uma pessoa do lado ali se foi, deixou mulher, três filhos...", disse Antônio.

ENTENDA O CASO

Domingos Montagner e Camila Pitanga decidiram nadar juntos no rio São Francisco na cidade de Canindé do São Francisco, na divisa dos estados de Alagoas e Sergipe, na tarde desta quinta-feira, 15, após as gravações da novela Velho Chico.

Enquanto estavam dentro da água, uma forte correnteza atingiu os atores. Camila conseguiu nadar e chegar a algumas pedras. Sem fôlego para nadar contra a correnteza, Domingos acabou sendo levado pela água. Seu corpo foi encontrado por mergulhadores por volta das 18h próximo a Usina Hidrelétrica de Xingó, em Sergipe, preso nas pedras a 18 metros de profundidade.

O ator de 54 anos deixa a mulher, Luciana Lima, e os três filhos, Leo, de 13 anos, Antônio, 8 anos, e Dante, 5 anos.

CARREIRA

Natural de São Paulo, Montagner tem longa carreira como artista circense e de teatro, integrando a companhia La Mínima, fundada pelo próprio ator. 

Atuou como professor de educação física. "Tenho muito carinho pelos alunos. Eu tinha uma verdadeira paixão em dar aula. Eu adorava dar aula e para mim foi um período de amadurecimento incrível", disse no Arquivo Confidencial do Domingão do Faustão, em 2015.

Estreou na TV após os 40 anos, em 2008, na sitcom Mothern, do canal GNT. Na TV Globo seu primeiro trabalho foi no seriado A Cura, de João Emanuel Carneiro, em 2010. No ano seguinte ganhou papel de destaque na novela Cordel Encantado.

Após personagens de destaque em Salve Jorge (2012) e Joia Rara (2013), Montagner viveu seu primeiro trabalho como protagonista em Sete Vidas (2015) e emendou Velho Chico (2016).

Na última semana, o ator esteve no Mais Você e, nos bastidores, fez planos para o futuro. "Gostaria de fazer muitos personagens. Nunca fiz um vilão, por exemplo. Também nunca fiz comédia na TV, apenas no cinema e no teatro. Acho importante mudar o registro, faz bem para a nossa profissão”, revelou.

Último acesso: 05 Aug 2021 - 03:48:52 (279561).

Leia também

TV CARAS