Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARAS

O Outro Lado do Paraíso: Beth surta e conta a verdade para Clara

A mãe de Adriana entrará em desespero ao receber a notícia de que não poderá salvar a filha

CARAS digital Publicado em 01/04/2018, às 13h41 - Atualizado às 13h52

Aos 54, Gloria Pires exibe suas curvas - Reprodução
Aos 54, Gloria Pires exibe suas curvas - Reprodução

No capítulo dessa segunda-feira, Beth finalmente abrirá o jogo com sua filha mais velha, Clara, sobre sua verdadeira relação com a bebida. Ao descobrir que vive um início de cirrose, e que por essa razão a ex-dona do bordel não poderá doar o rim para sua filha mais nova, Adriana, Beth entra em surto.

"Eu bebo, Clara. Eu bebo. Ou melhor, bebia", revelará. "Desde que passei por morta comecei a beber. Tive fases em que bebia mais, em que bebia menos. Mas sempre, sempre tomava o meu gim. Ele sabia", dirá ela apontando para Patrick.

"Eu não conseguia ouvir! Passei a sofrer tanto, tanto, com a rejeição da Dri, com o fato dela não querer me ver, que bebi, bebi. Bebi todo esse tempo", contará Beth.

Renan também estará presente na cena, e vai revelar que sabia de tudo "A Beth às vezes vai pro meu flat. Bebe. Quando eu soube que ia doar o rim, fiquei com medo que houvesse algum problema. Foi isso, Beth?", perguntará.

Meus rins estão ótimos, eu seria uma excelente doadora. Mas meu fígado está comprometido. Início de cirrose. Pelo que entendi, ainda posso me tratar. Mas não posso ser doadora, não posso doar meu rim para minha própria filha. O médico diz que eu não resistiria aos medicamentos. Eu não sou boa para minha própria filha", explicará a estilista.

"Olho para uma garrafa e sinto a garganta seca. Fico sem beber e minhas mãos tremem. Não posso suportar ficar sem beber", contará em desespero para a filha.

"Não há tempo para eu ficar boa e ter condições de doar meu rim. O tempo da Dri é curto. Muito curto. É por minha culpa que minha filha vai morrer. Por minha culpa!", lamentará.

Beth vai conseguir parar de beber, e no decorrer da trama ameaçará se matar se não puder doar o rim para a filha. A cirurgia será aprovada pelos médicos e ela conseguirá salvar a vida da filha. 

Internação de Beth leva a demissão de Renato

Segundo o Notícias da TV, Renato ficará tão distraído pensando em maneiras de se vingar de Clara (Bianca Bin), que acabará deixando trabalhos pela metade no hospital. Muitos médicos começam a perceber a distância dele. Principalmente quando, por raiva, libera Beth (Glória Pires) antes do necessário após passar pela cirurgia de transplante, que fará para a filha Adriana.

Samuel comentará com Laura "Eu fui informado que o pós-operatório estava muito ruim. Não se dá alta nesse tipo de caso, mesmo que a família peça. Vai totalmente contra a ética médica".

Em conversa com Aguiar, médico de Adriana responsável pelo transplante de Beth, e Renato, Samuel questionará as ações que aconteceram envolvendo a paciente "Como diretor do hospital, estou surpreso por ela ter tido alta no pós-operatório" dirá ele. "Eu jamais daria alta nesse caso. O doutor Renato, usando a autoridade de subdiretor, assinou a alta", defenderá Aguiar. 

"A Clara me pediu, insistiu. Nós não costumamos manter pacientes aqui muito tempo. É praxe do hospital", justificará Renato. "A paciente corria risco de vida! Ou estou errado? Espero que tenha feito uma boa avaliação da Elizabeth",questionará Samuel. 

"Nem fui olhar", admitirá o médico. "Eu quero que a Clara se dane. E a mãe dela também", dispara.

Com isso, Samuel, Diretor do hospital perderá a paciência e demitirá o até então colega de trabalho "Eu quero que você se dane, doutor Renato. Seu trabalho anda péssimo de uns tempos para cá, tira licenças, falta. Eu estava disposto a esperar essa fase passar. Mas não. Agora dá alta para uma paciente em risco. Está demitido".

Revoltado, Renato acusará o patrão de assédio sexual, mas acabará humilhado por Samuel "Não aceito a demissão. Sou subdiretor do hospital. Tá demitindo porque é gay. Eu sei que sou gostoso. E não cedi às tuas cantadas", dirá. 

"Eu nunca cantaria um verme como você. Está se aproveitando do fato de eu ser gay para me acusar. É o que homens do seu tipo fazem, quando acuados. Em vez de enfrentar a situação, em vez de aceitarem o erro, inventam uma história que nunca existiu", afirmará.

Os capítulos estão previstos para serem exibidos a partir do dia 20 de abril.

A VINGANÇA DE CLARA

Após 10 anos internada em um hospício, Clara herda a fortuna de uma forte aliada que conquistou durante seu tempo no manicômio: Beatriz (Nathalia Timberg). A mocinha volta para Palmas com o intuito de recuperar seu filho e se vingar daqueles que ajudaram Sophia (Marieta Severo). Fundamentais para o plano da malvada, seus cúmplices também entraram na lista da vingativa.                                   

O primeiro alvo foi o psiquiatra, que a mando da megera escreveu o laudo usado para interná-la. Clara revelou para todos o caso secreto entre o médico Samuel (Eriberto Leão) e o motorista Cido (Rafael Zulu). Casado com uma enfermeira, o médico ficou completamente desmoralizado na cidade após a revelação.        

O segundo foi Vinícius (Flávio Tolezani), o delegado da cidade, que encobria as denúncias dos ataques agressivos de Gael contra Clara. Dessa vez a jornada da moça também trouxe justiça para a enteada do policial, que era molestada por ele quando criança. Levado ao tribunal o pedófilo foi condenado e mais tarde assassinado na cadeia.  O juiz Gustavo ( Luis Melo) se aliou a Sophia, separou a mocinha de seu recém-nascido e decretou sua interdição. O que ele não esperava é que ela descobrisse que na verdade o juiz era sócio do bordel da cidade e também traía sua esposa com as funcionárias do lugar.

Clara contou com a ajuda de Renato (Rafael Cardoso), mas prestes a se casar com o médico ela descobriu que ele também estava envolvido na trama para conseguir as esmeraldas. A vingadora o desmascarou em pleno altar

Desde o retorno triunfal da mocinha, Sophia e sua família já começaram a sentir o peso da vingança de Clara, e a malvada terminou passando um tempo presa e multada por trabalho escravo nas minas de esmeraldas. O ex- marido também não passou impune. Durante um encontro armado pela protagonista, Gael (Sérgio Guizé) tentou agredir e agarrar Clara, mas ela escapou e conseguiu provar que ele era um perigo em liberdade. O filho de Sophia terminou preso, mas, agora, em busca de redenção, ele tenta ajudá-la a fazer justiça.