Nelson Freitas fala sobre projetos no cinema em meio à pandemia

O ator embarcou em vários projetos ao longo da pandemia e falou com exclusividade a CARAS Digital sobre a diversidade de conteúdos

Daniela Santos Publicado quinta 17 dezembro, 2020

O ator embarcou em vários projetos ao longo da pandemia e falou com exclusividade a CARAS Digital sobre a diversidade de conteúdos
Nelson Freitas fala de projetos no cinema em meio à pandemia - Foto: Alle Vidal

Nelson Freitas está se dedicando ao cinema durante o período da pandemia da Covid-19. O ator, com mais de 35 anos de carreira, gravou o filme I'm Sorry Honey, ao lado de Suzy Rêgo e Dante Denobile, e também está trabalhando nas produções de Télos e Tração

Com conteúdos e personagens completamente diferentes, Nelson falou com exclusividade para a CARAS Digital sobre os projetos.  "Filmar no meio da pandemia é um grande desafio mesmo respeitando todos os protocolos de segurança, é sempre temeroso, o deslocamento e a permanência em lugares fechados, mas na medida do possível, estamos conseguindo um bom resultado", afirmou ele. 

No filme I'm Sorry Honey, Nelson interpreta um alcoólatra com problemas no relacionamento e explicou como se preparou para viver o personagem. "Primeiro procurei entender o que se passa na cabeça de uma pessoa que não tem a noção do mal que ela causa não só para o foco da sua agressão, mas para si mesmo. Depois procurei alguns Institutos, como o Maria da Penha, e o Fala Mulher, para perceber a dimensão do problema e fiquei estarrecido os números da incidência dessa tragédia social", contou. 

A violência contra a mulher é um assunto bastante relevante, ainda mais nesse período de isolamento social onde os casos aumentaram consideravelmente. O ator tem feito campanhas para dar mais visibilidade ao assunto e ressalta a importância do filme. "Durante a pandemia, houve um aumento de 80%! Um absurdo! Trazer essa discussão sobre esse assunto é urgente e necessário. É importante poder discutir abertamente e tentar mitigar o problema, ajudando essas mulheres e famílias que sofrem com a situação."

O artista também está gravando a série educativa Télos, que é idealizada por uma startup de educação e tem lançamento previsto para janeiro. "A ideia é que os vídeos ajudem alunos do ensino médio, universitários e recém-formados, através dos conteúdos de temas abordados como empreendedorismo, marketing digital, investimentos e tecnologia. Queremos usar o lado mais lúdico nessas videoaulas, já que existem muitas pessoas que preferem aprender de forma mais leve, através do audiovisual, ao invés do uso de quadro e projeções", explicou ele, contando que eles pretendem fechar com uma plataforma de streaming.

AÇÃO

Nelson Freitas também está gravando o longa-metragem Tração, que é dirigido por André Luis Camargo, e vai retratar o universo das competições de motos no Brasil, uma espécie de Velozes & Furiosos. Devido à pandemia da Covid-19, para a segurança da equipe, todos realizam testes antes e depois de cada filmagem, além de usarem máscaras e álcool gel. As gravações do filme estão sendo feitas em várias cidades do Brasil, com o intuito de acompanhar os circuitos e competições que acontecem atualmente sem público, e o ator deu alguns detalhes do longa e de seu personagem. 

"É um filme de ação, que fala sobre uma equipe de atletas de várias modalidades de motociclismo. Meu personagem é o vilão Fernando Dimello e sua função no filme é usar o expertise deles para seus negócios escusos, ou seja ele vai perturbar a vida dos nossos heróis num mix de gêneros de aventura, romance e comédia. É um filme de muita correria perseguição e cenas perigosas, onde usamos muitos dublês e profissionais de moto velocidade. A ideia é não fazer uso de efeitos especiais. As cenas são à vera, ou seja, o que estiver acontecendo na tela foi feito de verdade, como, por exemplo, um salto de moto de mais de 800 metros de altura sobre um cânion, em Urubici SC. Tenho certeza que o filme vai ser bem sucedido, principalmente para os amantes das duas rodas, que são milhões pelo Brasil", contou ele. 

Nelson também confessou o seu amor por motocicletas. "Eu, particularmente, não vivo sem moto, não tenho nem carro... (Risos) Além de me deslocar mais facilmente no trânsito, a sensação de liberdade só entende quem gosta de moto mesmo", garantiu. 

O filme Tração conta com um elenco de peso como Marcos Pasquim, André Ramiro, Bruna Altieri, Mauricio Meireles, Fiuk, Paola Rodrigues e Duda Nagle, e tem lançamento previsto para 2021. 

Último acesso: 27 Nov 2021 - 22:23:19 (371657).

Leia também

TV CARAS