Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
TV / BBB

‘Não vou processar ninguém’, diz mãe de Monique

Diante da polêmica sobre abuso sexual no Big Brother Brasil, mãe de Monique nega que pretende processar Daniel e diz que a filha não é racista

Redação Publicado em 17/01/2012, às 10h28 - Atualizado em 08/08/2019, às 15h43

Monique - TV Globo / Frederico Rozário
Monique - TV Globo / Frederico Rozário

Diante da polêmica envolvendo a filha Monique Amin (23) – que teria sofrido abuso sexual no Big Brother Brasil -, Claudia Amin diz que não pretende processar o modelo Daniel Echaniz (31) e que está se sentindo muito exposta.

“Nunca falei que ia processar ele. O que falei foi que fiquei indignada”, disse à CARAS Online. Diante da repercussão, ela decidiu optar pelo silêncio sobre o caso. “Quem está no programa é a minha filha e não eu. Qualquer coisa que a gente fale pode ser prejudicial para ela e para ele”, acredita. “É muito difícil como mãe ver isso. Agora estão falando de racismo. A minha filha não é racista”, desabafa.

De acordo com o empresário da BBB,Cristiano “Nescau” Rosa, somente a própria Monique pode decidir se tomará medidas judiciais sobre o caso. “Não temos nada contra o Daniel. A gente acata a decisão da Globo. Quem somos nós para ir contra? Só quem pode dizer se vai processar ou não é a Monique”.

Daniel foi eliminado do Big Brother Brasil nesta segunda-feira, 16, após a polêmica de que teria aproveitado a condição de embriaguez da estudante para abusar sexualmente dela. Em nota oficial, a Globo atribuiu a expulsão a “um grave comportamento inadequado”.