Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
TV / Entrevista

Naiara Azevedo fala da acusação contra o ex-marido: ‘Quero o que é meu’

Em entrevista no Fantástico, Naiara Azevedo fala sobre as acusações contra o ex-marido: ‘Estava sendo impedida de trabalhar’

por Priscilla Comoti

pcomoti_colab@caras.com.br

Publicado em 03/12/2023, às 23h28

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Naiara Azevedo no programa Fantástico - Foto: Reprodução / Globo
Naiara Azevedo no programa Fantástico - Foto: Reprodução / Globo

A cantora Naiara Azevedo foi entrevistada no programa Fantástico deste domingo, 3, e falou sobre a acusação que faz contra o ex-marido, Rafael Cabral. Ela o acusou de ter cometido violência patrimonial após ter sido impedida de retirar o equipamento dos seus shows e também disse que ainda não resolveu a partilhar de bens em decorrência da separação deles.

Na entrevista, ela desabafou sobre a repercussão do assunto. "Eu nunca queria ter chegado ao ponto de ter essa entrevista, de falar sobre esse assunto. Eu sempre fui extremamente discreta com a minha vida pessoal”, disse ela.

Então, a artista contou sobre o episódio de quando precisou adiar um show por não conseguir retirar os equipamentos para a viagem. "Quando eu estava saindo de viagem, os meus funcionários foram carregar os equipamentos que a gente leva a estrada e foi dada uma ordem de que não poderia ser carregado o equipamento caso eu não pagasse o aluguel. Por que eu tenho que pagar o aluguel de algo que é meu? A carreta é minha, o equipamento é meu, o cenário é meu”, contou.

Assim, ela acusou o ex-marido de violência patrimonial. "Até então eu já havia sofrido violência física, moral, mas a violência patrimonial foi o meu gatilho. Eu vi que estava sendo impedida de trabalhar”, disse ela, que exibiu fotos de hematomas em seu corpo em sua denúncia na delegacia. "É uma coisa muito difícil. Não julgo quem passa por esse tipo de situação. Eu já fiz uma campanha de violência contra a mulher”.

E completou: "Os dois primeiros anos da minha carreira, que foram os meus maiores faturamentos, 4 milhões por mês. Sabe quanto eu pegava por mês? Mil reais. Eu nunca tive acesso a nada”.

Com isso, ela contou que era casada em comunhão parcial de bens e que a partilhar ainda não foi feita. "Eu venho cobrando para fazer a partilha de bens, mas nunca aconteceu. Eu só quero o que é meu, o que eu trabalhei para ter. Eu não quero uma gota do suor do meu ex-marido. Ele trabalhou e merece ter direito do 50% dele. Eu só quero o que é meu. Quero clareza diante do meu trabalho, do meu suor, da minha luta”, afirmou ela, e continuou: "Uma frase que quero deixar: ‘Por mais que você ame e confie, não entregue suas vidas nas mãos de ninguém'. Eu entreguei a minha vida na mão do meu marido e estou vivendo isso hoje”.

Por fim, a cantora disse: "Chega, eu não aceito mais. Da porta para fora da minha fora casa, eu sempre fui uma mulher empoderada. Mas da porta para dentro… Eu falava para ele assim: eu sou como um móvel qualquer da casa. Agora eu sou Naiara Azevedo, dona e proprietária da minha vida, escolho estar onde eu quiser”.

Ex-marido nega as acusações

Ainda no Fantástico, Rafael Cabral teve o seu direito de resposta e negou as acusações de Naiara Azevedo. "Eu não entendi a denúncia e essa narrativa. Estou surpreso com tudo isso. Estou decepcionado com o ocorrido”, disse ele, e completou: "Nego tudo porque isso não tem procedência. Cometi erros no meu casamento como traições, fui errado nesse ponto, e pedi perdão para ela”.

Além disso, ele informou que sua equipe jurídica vai entrar em contato com os advogados de Naiara para resolver a partilha de bens. Ao ser questionado sobre a divisão dos bens em metade para cada um, ele afirmou: "Eu passo 100% de tudo isso, eu não tenho interesse. Eu desconheço a agressão. Eu fui pegar o celular da mão dela porque ela estava filmando e eu não entendi o motivo daquilo”.