Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
TV /

Mayra Cardi dá testemunho sobre como Deus a salvou: ''Tinha certeza que ia morrer''

Mayra Cardi dá testemunho sobre como Deus a salvou durante tensa situação

CARAS Digital Publicado em 21/02/2021, às 14h29 - Atualizado às 14h46

Mayra Cardi dá testemunho sobre como Deus a salvou - Reprodução/Instagram
Mayra Cardi dá testemunho sobre como Deus a salvou - Reprodução/Instagram

A digital influencer Mayra Cardi aproveitou o último sábado, 20, para dar seu testemunho com Deus durante viagem em Angra dos Reis, no Rio de Janeiro, para comemorar aniversário de amiga.

Em seu vídeo, a influenciadora disse que perdeu o controle do próprio corpo e que não conseguia falar nem enxergar. "Meu corpo inteiro formigava, como se eu estivesse presa dentro de mim. Eu não conseguia pedir socorro. Eu me sentia definhando, seca, com muita sede, mas não conseguia me movimentar. Eu tinha certeza absoluta que eu ia morrer", revelou.

Segundo Mayra, a situação durou 15 horas no quarto de hotel e diz ter pedido socorro a analista comportamental Pétala Barreiros. "A Pétala falou, 'você confia em Deus? Então pede'. Minha voz não saía. Eu pedi na minha mente, eu quero viver, me ajuda. Nesse momento, a Pétala levantou a mão para o céu e falou, 'vem, meu Deus", contou.

A influencer define o momento como uma batalha espiritual e que lutou contra monstros que tinha dentro de si. "Eu neguei Jesus três vezes, era o aniversário de 33 anos que eu estava comemorando [da amiga]. Eu estava no quarto três no terceiro andar. A luz acabou três vezes e o Arthur chegou em três horas. Conforme ele foi entrando, o sol foi nascendo. O Artur nasceu em 3/3. Começou a voltar o vômito, a fraqueza e me veio o insight. Eu me joguei no colo dele e falei, agora vou morrer. Tudo passou e eu fiquei cem por cento boa. Tudo inexplicavelmente aconteceu da maneira mais mágica. Nunca pensei que pudesse passar por uma coisa física", desabafou.