tv Desabafo

Marina Ruy Barbosa fala sobre o pai se arrepender de votar em Bolsonaro: ''Não concordei''

A atriz ruiva ainda opinou, pela primeira vez, sobre o atual cenário político

CARAS Digital Publicado sexta 5 junho, 2020

A atriz ruiva ainda opinou, pela primeira vez, sobre o atual cenário político
Marina Ruy Barbosa fala sobre o pai se arrepender de voto - Reprodução

Paulo, o pai de Marina Ruy Barbosa, usou suas redes sociais na última quarta-feira, 3, para aderir à campanha Somos 70%, que representa a população que está contra o governo de Jair Bolsonaro.

Respondendo um internauta, ele surpreendeu ao revelar que se arrependeu de ter votado no atual presidente nas eleições de 2018.

Após a declaração do pai, a atriz aproveitou para se posicionar sobre o atual cenário político pela primeira vez. Desde as eleições, a ruiva vem sendo muito cobrada, e por não ter falado sobre o assunto, algumas pessoas chegaram a pensar que ela teria votado em Bolsonaro.

"Meu pai não é uma figura pública. E me estranha esse interesse por ele. Eu sou a pessoa pública. Eu não votei no candidato do meu pai, não concordei com a escolha dele, não concordo nem compactuo em nada com a atual política. Mas o voto é um direito garantido e ele votou em quem quis", afirmou em desabafo ao jornal Extra.

Marina ainda seguiu falando sobre a mudança de pensamento do pai"O cenário lá atrás já não era promissor, mas, esperançosa, como brasileira que não gostaria de ver seu país em mau estado, tentei acreditar (percebo que fui ingênua) em uma mínima possibilidade de as coisas não irem para esse caminho lamentável que foram. Mas tudo o que pensávamos só se confirmou. Só aprende quem erra. E meu pai está revendo as posições dele. E eu acho bom, porque mostra que, como eleitor, ele está atento. E mais do que isso, que está disposto a evoluir e mudar de pensamento", finalizou.

Receba notícias da CARAS Brasil no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!

 

Último acesso: 03 Jul 2020 - 08:42:51 (353514).