Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
TV / Desabafo

Maria Clara Spinelli desabafa sobre falta de emprego para trans: ''Eu não sou um estereótipo''

A atriz interpretou a personagem Mira na novela 'A Força do Querer'

CARAS Digital Publicado em 22/08/2018, às 11h17 - Atualizado às 14h03

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Maria Clara Spinelli - Instagram/Reprodução
Maria Clara Spinelli - Instagram/Reprodução

Maria Clara Spinelli compartilhou um desabafo em sua rede social na última terça-feira, 21, sobre a falta de trabalho para atores e atrizes transexuais.

Desde que interpretou Mira em A Força do Querer, a atriz ainda não iniciou um novo trabalho.

Em postagem no Instagram, Maria Clara compartilhou um trecho da entrevista do escritor João Nery falando sobre o assunto, e escreveu na legenda: "Eu estou sem trabalhar desde o final da novela A Força do Querer. E, embora eu tenha um 'nome' no meio artístico, e seja respeitada e premiada, também ninguém me dá emprego..."

A atriz continuou dizendo que conversou com seu empresário, e que ele disse que a oferece para as produções, mas os produtores não respondem e nem justificam o porquê dela não ser nem selecionada para os testes.

Em seguida, enalteceu que mesmo sendo elogiada por seu trabalho, apenas Gloria Perez e a TV Globo a ofereceram uma personagem que não fosse transgênero. "Bem, se para o mercado eu só tenho capacidade para fazer personagens transgêneros, então talvez não exista uma carreira para mim, porque nenhuma atriz pode sobreviver apenas fazendo esses personagens, pois nem existem tantos assim. E, mesmo que houvesse, eu não sou um estereótipo, e não aceitaria isso", desabafou.

A atriz que também participou de Salve Jorge, outra trama escrita por Gloria, ainda falou que não sabe se fará mais alguma produção devido a falta de oportunidades. "Tudo que depende de mim e das pessoas que trabalham comigo está sendo feito, mas não cabe somente a nós", escreveu.

Maria Clara terminou se questinando se sua carreira teria futuro. "Talvez, enfim, eu deva admitir que não exista um mercado de trabalho para uma atriz como eu. 'Atriz trans', muitos dizem. E se não dizem, pensam. Mesmo que não admitam, isso se reflete em tanto tempo de recusa quando sou oferecida para testes nas produções mais diversas, há quase um ano. Tenho muito orgulho de toda a minha carreira, muito orgulho de cada personagem que conquistei, transgênero ou não, porque sempre foram grandes personagens que interpretei com amor. E embora eu ache cedo demais, se minha carreira como atriz se encerrasse aqui, tudo já teria valido muito a pena!", finalizou.

Além de Salve Jorge e A Força do Querer, a atriz também fez parte da série Supermax, também da TV Globo.