tv Nova pessoa!

Marcelo de Nóbrega conta mudanças na vida após sofrer oito parada cardíacas

Filho de Carlos Alberto de Nóbrega revelou que ficou bem assustado com a situação

CARAS Digital Publicado quinta 14 março, 2019

Filho de Carlos Alberto de Nóbrega revelou que ficou bem assustado com a situação
Diretor do humorístico a Praça é Nossa foi vítima de um infarto - Reprodução/SBT

Marcelo de Nóbrega passou por uma situação um tanto quanto complicada na última semana. Vítima de um infarto, o diretor do humorístico A Praça é Nossa revelou alguns detalhes de sua nova rotina e contou como foram os momentos de muita aflição que viveu enquanto esteve no hospital, durante um bate papo com o Portal UOL.

Segundo ele, o mal estar aconteceu na última quinta-feira, 7, quando sentiu fortes dores no peito. Logo, Marcelo foi encaminhado para um hospital na cidade de São Paulo, onde recebeu a notícia de que teria sido vítima de um infarto agudo no miocárdio e estava com uma artéria entupida. Após alguns instantes inconsciente, ele foi reanimado com massagens cardíacas.

"Foi um susto. Fui, bati na porta e disseram: 'Não é sua hora ainda'”, disse o filho do humorista.

Celebrando a evolução em seu quadro clínico, o rapaz, de 54 anos, que sempre foi um grande adepto dos esportes, ficou internado quatro dias, sendo que dois deles estava na UTI. Por meio de suas redes sociais, ele publicou uma mensagem a fim de tranquilizar os fãs.

"Hoje estou bem. A única dor é da massagem cardíaca. É como se um caminhão tivesse passado em cima de você. Só tinha uma artéria entupida. Agora, estou me sentindo muito bem, só um pouco assustado pelo que aconteceu", conta ele.

Por fim, o filho de Carlos Alberto de Nóbrega, que receberá uma homenagem um tanto quanto especial do seu pai na atração noturna desta quinta-feira, 14, disse que já mudou algumas coisas em sua rotina, principalmente o fato de largar o cigarro.

"Fumava dois maços por dia, chegava a acender um no outro. Eu era uma bomba-relógio pronta para estourar. É um vício, uma dependência. Cigarro é uma coisa do mal. Não é de Deus, não. Estou sem fumar há uma semana e me sinto outra pessoa. Sinto o cheiro, o gosto da comida muda, respiro melhor. Parei definitivamente. Estou usando aquele adesivo para minimizar a abstinência", pontuou o responsável pela direção da atração.

Último acesso: 06 Jul 2020 - 17:59:14 (315368).