Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
TV / Emocionante!

Mãe que perdeu o filho, fã de Alok, faz o DJ chorar: ''Não deu tempo de te conhecer''

No 'Altas Horas, DJ Alok ficou emocionado ao saber história de fã que morreu

CARAS Digital Publicado em 15/05/2022, às 11h21

Alok se emociona no 'Altas Horas' - Reprodução/Globo
Alok se emociona no 'Altas Horas' - Reprodução/Globo

O DJ Alok (30) foi surpreendido no Altas Horas com uma mãe que perdeu o filho que era o seu fã.

Durante sua participação ele e os outros convidados foram às lágrimas ao ouvirem Poliana contar que o filho, falecido aos 19 anos, tinha o sonho de conhecer Alok, mas não conseguiu.

“Eu preciso fazer uma homenagem para o meu filho. Eu devolvi ele para Deus vai fazer um ano agora dia 22 e o sonho da vida dele era conhecer o Alok, poder ter a oportunidade de estar no show dele, de vê-lo tocar e eu não sabia vindo para cá, não sabia quem estaria aqui", disse ela.

"Eu falei ‘Meu, mais uma vez, filho, você tá comigo.’ Então, Alok, receba o abraço do meu filho, que com certeza tá aqui, porque o sonho da vida dele era você, ele era muito, ele te admirava, ele falava de você e não deu tempo dele poder curtir, mas eu não podia deixar de ter essa oportunidade de poder falar em nome dele. Pelo Murilo, um abraço em você", falou Poliana.

Alok de emociona no Altas Horas

Após abraçar a mãe do fã, Alok comentou sobre a música Ocean, feita para uma mãe que havia perdido a filha.

“Fiz uma música ‘Ocean’, para uma mãe que perdeu uma filha. Eu tinha muito medo da morte e vi um poema do Osho (guru indiano) que me ajudou muito. Ele diz que o Rio, quando nasce, ele vai percorrendo todo aquele circuito dele de curvas até que ele chega muito próximo do oceano e morre de medo. Porque ele sabe que a partir daquele momento, quando ele encontrar o Oceano, ele vai desaparecer para sempre", declarou o DJ.

"Mas a partir daquele momento que ele se conecta com o Oceano, ele não vai desaparecer e, sim, vai se tornar o Oceano. E todos nós somos rios a caminho do Oceano. Eu senti o abraço dele aqui agora, senti o seu abraço. Acho que nenhuma mãe e pai merecem passar por isso, mas tudo tem obviamente um propósito de Deus. Acredito nisso e gente ainda vai se reencontrar com ele quando nos tornarmos oceano", falou emocionado.