tv Dia de Rock, bebê

Lucio Mauro Filho relembra participação no programa PopStar e comemora Dia do Rock

Nas redes sociais o apresentador relembrou sua participação no programa PopStar, da TV Globo

CARAS Digital Publicado segunda 13 julho, 2020

Nas redes sociais o apresentador relembrou sua participação no programa PopStar, da TV Globo
Lucio Mauro Filho comemora Dia do Rock - Reprodução/Instagram

Lucio Mauro Filho usou suas redes sociais para comemorar uma data muito especial. Através do seu perfil oficial ele celebrou o dia do rock, comemorado nesta segunda-feira, 13. 

Para falar sobre o ritmo, que é um dos seus favoritos, o ator relembrou sua participação no programa PopStar, da TV Globo, e contou como foi escolher o repertório ao longo do reality show. 

"Dia do Rock. Quando fui selecionado para a primeira edição do PopStar, me pediram uma lista do que eu gostaria de cantar. Vim cheio de Seu Jorge, Tim Maia, até funk tinha na lista. Quando fui ter minha primeira reunião com Marcelo Sussekind que seria meu produtor na competição, ele me perguntou taxativo: Cadê o Rock Lucinho?", lembrou ele. 

"Além de ser um dos maiores produtores do Rock nacional, trabalhando com bandas como Capital Inicial, Paralamas, Engenheiros, Jota Quest e Ira, Sussa sabia que a minha porção PopStar estava intimamente ligada ao Rock, já que minha banda da adolescência tocava basicamente Hendrix, The Doors e Led. Até vídeo meu tocando Hey Joe numa balada em Campinas, Marcelo descolou para provar sua tese. Ele estava certíssimo", afirmou. 

Em seguida Lucio Mauro falou sobre os seus adversários ao longo do programa musical, e pensou que o rock poderia ser seu grande diferencial. "Contra cantores técnicos como Andre Frateschi, Claudio Lins, Sabrina Parlatore, o único jeito de ser competitivo seria cantando rock na garra. E já que ia cantar Rock, quis para começar, selecionar uma canção dos Beatles. Escolhi “Come Together” por ser um Rock com uma levada funky no baixo, que se aproximava daquela minha primeira proposta de uma onda mais “soul”. Sussekind macaco velho, fez um arranjo totalmente Blues, com lapsteel e o escambau, para que eu não escorregasse pro balanço. Rock é Rock", explicou. 

O ator, então, contou como foi sua preparação para se apresentar no palco. "Quando comecei os ensaios me toquei de uma coisa: eu não sabia cantar Come Together. Só no embromation. A letra difícil, com frases muito parecidas, foi me deixando inseguro. Era a primeira semana de gravações. Botei um drive na voz e fui ver o que dava. Quando cheguei para a apresentação, tinha na bancada gente como Liminha, Paulo Ricardo, Toni Belloto. Figuras que não só são lendas do Rock nacional, como também tiveram experiências morando na Inglaterra e nos EUA. Embromation não ia funcionar!", acrescentou. 

Ele ainda revelou uma técnica que teve para não encarar os jurados do programa. "Fiz uma coreografia com as mãos para lembrar as frases e tava tão nervoso, que tirei os óculos para não enxergar os jurados. Pedi ajuda de Robert Johnson á Muddy Waters. Encarnei todos os anjos e demônios do Rock e fui para o palco. Fiquei em primeiro lugar e não sabia sequer o que tinha acontecido. Só sabia que Sussekind estava certo. Sem o Rock, eu jamais teria chegado à final. Viva o Rock!", finalizou ele, celebrando o dia do rock e sua trajetória no reality show.

Confira a publicação:

Lucio Mauro Filho comemora Dia do Rock

Receba notícias da CARAS Brasil no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!

Último acesso: 11 Aug 2020 - 00:27:26 (357060).