Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARAS
TV / Desabafo

Lívia Andrade comenta racismo no reality A Fazenda: ''É um crime''

No Fofocalizando, Lívia Andrade comenta polêmica sobre racismo no reality A Fazenda

CARAS Digital Publicado em 06/11/2019, às 16h23 - Atualizado às 16h38

Lívia Andrade comenta racismo no reality A Fazenda - Instagram
Lívia Andrade comenta racismo no reality A Fazenda - Instagram

Lívia Andrade falou sobre o caso de racismo contra a modeloSabrina Paivano reality A Fazenda.

"Isso não é uma polêmica, é mais, é crime e pronto. A Record não anunciou o nome, mas é isso. Que mundo que esse cidadão vive que ele acha que é melhor do que as outras pessoas. Sabe porque isso não acontece? Porque algumas pessoas fazem e continuam trabalhando normalmente, não existe punição", disse.

Chris Flores também comentou o assunto e desabafou: "O que me entristece é que algumas pessoas falam que as vezes podia e agora não pode. Na verdade, nunca pode".

Em comunicado divulgado pela Record TV, ao fim do programa, a produtora Teleimage, que presta serviços e é a contratante do funcionário, identificou o ofensor. O mesmo foi repreendido e teve seu contrato de trabalho rompido sumariamente. A emissora informa que repudia veementemente esta atitude e qualquer tipo de preconceito e, segundo a mesma, será informado à participante Sabrina Paiva que lhe será dado o direito de fazer a representação legal ao ofensor, se assim quiser e no momento que desejar.

Veja o comunicado na íntegra:

"A Record TV informa que ontem, 05/11, durante o reality A Fazenda, ao vivo, um operador de câmera, posicionado atrás de um dos espelhos da sala, fez um comentário racista a respeito da participante Sabrina Paiva. Imediatamente ao fim do programa, a produtora Teleimage (que presta serviços à Record TV e é a contratante do operador de câmera), identificou o ofensor. Ele foi repreendido e teve seu contrato de trabalho rompido sumariamente. A Record TV repudia veementemente esta atitude e qualquer tipo de preconceito. Como se trata de ofensa racial, será informado à participante Sabrina Paiva que a ela será dado o direito de fazer a representação legal ao ofensor, se assim quiser e no momento que desejar. A Record TV e a produtora Teleimage lamentam o fato e não admitem que algo dessa natureza aconteça em suas produções".