Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Leilão de vinhos da APAE recebe famosos como Susana Vieira e Gabriela Duarte

O evento contou com a presença de atrizes e jornalistas como Carlos Tramontina

CARAS Digital Publicado em 19/06/2014, às 15h26 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Leilão APAE - João Passos/Brasil Fotopress
Leilão APAE - João Passos/Brasil Fotopress

Em evento recheado de estrelas em clima beneficente. Assim foi o 7º leilão de vinhos realizado pela Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais, Apae-SP, no Palácio dos Bandeirantes, em SP. Conduzido pelos jornalistas Carlos Tramontina (58) e Maria Cândida (41), a soirée foi abrilhantada por Susana Vieira(71). “Sou madrinha da Apae de Mendes, de Duque de Caxias e de Niterói, no Rio. Me senti honrada com o convite e me vesti cheia de cristais especialmente para hoje”, disse a estrela, que disse estar namorando, mas prefere não revelar a identidade do amado. Sobre futuros trabalhos, revelou a escalação para a próxima novela do autor global João Emanuel Carneiro (44), em 2015.

Junto há dois anos, o casal de atores Aline Fanju (34), no ar como a Rafaela da novela Em Família, e Igor Angelkorte (26), o Marcelo da trama Além do Horizonte, encerrada em maio, esbanjou charme. “Tenho sempre enorme prazer em estar em eventos beneficentes. É uma forma de, figuras públicas como nós, contribuirmos para ações que valham a pena. Acho muito bacana esse leilão, é muito especial”, afirmou Igor. Outra presença de peso foi a da atriz Gabriela Duarte (40). “Acompanho a instituição desde adolescente”, falou a filha da atrizRegina Duarte (67), que, no segundo semestre, estreia a peça Através de um Espelho, na capital paulista. Presidente da entidade, Cássio Clemente (55), com sua Beatriz Mattos (42), falou sobre o êxito da noite, que arrecadou mais de 250000 reais em 61 lotes leiloados. “É o evento mais importante da Apae. Além dos recursos que arrecadamos, despertamos a atenção entre os formadores de opinião, que podem contribuir com o movimento da instituição”, apontou o filho caçula de d. Jô Clemente (88), criadora da ONG.