tv EXCLUSIVO

Juliana Silveira fala sobre reprise de Floribella e revela que quase desistiu do teste

Juliana Silveira revela que reprise de Floribella foi uma surpresa e que quase deixou de fazer o teste

CARAS Digital Publicado terça 15 setembro, 2020

Juliana Silveira revela que reprise de Floribella foi uma surpresa e que quase deixou de fazer o teste
Juliana Silveira fala sobre reprise de Floribella e revela que quase desistiu do teste - Instagram

A partir desta terça-feira, 15, a novela Floribella, exibida originalmente em 2005, está de volta às telinhas! A Band irá reprisar a trama às 20h20.

Juliana Silveira, a eterna Maria Flor, participou de uma live nas redes sociais de CARAS Brasil e revelou que a reprise foi uma surpresa e que queria celebrar os 15 anos da novela, mas os planos mudaram por conta da pandemia de coronavírus.

"Com a pandemia, não seria possível fazer reencontro. Então, tive a ideia das lives. Chamei o Roger Gobeth (que interpretou Fred), um dia antes e no dia da live era aniversário dele, nem me liguei e ele falou que seria super legal. A gente ligou e acabou bombando. Eu continuei, fiz uma com Mario Frias (Conde Máximo), depois com a Maria Carolina (Delfina)", relembrou.

Após o sucesso das lives, alguns fãs passaram a pedir que a novela fosse reprisada: "Passou um tempo, e vi na Band, estavam anunciando a nova programação e falaram de Floribella, fiquei surpresa! Eu não sabia, mas eu tô feliz demais", declarou a atriz.

Ainda sobre a reprise, a loira conta que está super ansiosa: "É como se fosse a estreia há 15 anos. A gente não sabe se essa nova geração vai gostar de assistir, se não vai, se quem assistiu vai querer rever".

Com o cenário da pandemia, ela ressalta a importância da trama, reforçando que não há conteúdo para crianças na TV aberta: "Eu não sou contratada de emissora nenhuma, nem estou ganhando nada com reprise, e acho que é uma opção para crianças na pandemia. Muita criança não deve ter TV a cabo, não tem o que fazer... Se eu puder fazer uma criança feliz nessa situação, eu zerei o jogo".

RELEMBRANDO FLORIBELLA

Juliana contou que a Flor seria Juliana Baroni, mas ela acabou desistindo. Quando abriram os testes, Silveira confessou que quase não participou: "Quando falaram que tinha que cantar eu amarelei, falei que não ia, porque não sei cantar. Eu acabei indo, eu tava morrendo de medo e dei de cara com o Roger no elevador, não sabia que ia fazer teste com ele. Eu entrei junto com ele e fizemos o teste, ele pegou o violão dele e cantou todo animado. Isso me deu força".

Sobre a repercussão, ela desabafa: "A gente tinha o Orkut e nossos diretores, então a gente confiava muito neles, e nas autoras".

A artista revelou que Flor foi um grande desafio e que gosta de se arriscar: "Eu sou muito exploradora, eu gosto de aprender e fazer coisas que eu ainda não fiz. Eu tava querendo muito um personagem que eu pudesse me desenvolver como artista, e eu pude atuar, cantar e dançar. Eu gosto de desafios. Então, quando você fala para mim: 'Vamos fazer novela na Band, a emissora do esporte' eu falo: 'Vamos'".

Juliana aponta a personagem Flor como um divisor de água na sua carreira, pois foi quando percebeu que deveria seguir com a carreira de atriz: "Eu tinha dúvida se eu ia continuar como atriz, e foi ali que eu entendi que não ia ter jeito, percebi que meu propósito era ser artista mesmo. Tem tanta coisa que eu quero experimentar como artista, que eu devo a Floribella".

ÁUDIO-SÉRIE TdVaiFicar

Mesmo com a pandemia, a atriz não deixou de exercer sua profissão e enfrentou um novo desafio: uma áudio-série, intitulada TdVaiFicar.

"Eu tava namorando essa ideia do podcast há um tempo, porque meu marido consome bastante. Um dia eu li que Homeland, se transformou em série através de um podcast. Eu fiquei curiosa, porque era algo novo e surgiu a oportunidade", contou.

Ela falou um pouco sobre a série: "Pandemia, mas numa situação distópica, tipo 5 milhões e 7 milhões de mortos, lockdown de verdade, as pessoas roubando para comer, se matando, racionamento de todo. E ai 6 pessoas ficam nesse edifício Harmonia, e ai acontece uma morte e esses personagens tentam entender o que aconteceu. A gente quer saber a causa da morte, que é nossa Angela Vieira".

Juliana ainda revelou que a 2ª temporada já está escrita: "Acho que na 2ª temporada nós vamos poder nos reunir e gravar em São Paulo no estúdio";

MATCHES

Por outro lado, a pandemia atrapalhou a gravação de um outro projeto da artista. A 2ª temporada de Matches, onde Juliana interpreta a protagonista Lara, foi adiada.

"Era pra gente começar em julho, e passaram para outubro, mas ainda não tive confirmação. Eu não sei se acontece esse ano", contou.

 "Eu tava doida pra fazer série, eu sou consumidora voraz de streaming, e pensei 'Se eu continuar aqui na Record, não vou fazer série porque eles não tão produzindo'. Então sai e comecei a fazer teste. Eu sai da Record em julho de 2018 e 8 meses depois chegou o teste de Matches, ai eu pensei, essa Lara é minha, quero fazer. Fui passando para os testes e deu certo".

"É bem diferente, é uma linguagem mais ágil porque o episódio tem começo, meio e fim, e novela não tem", comparou os dois produtos televisivos.

Receba notícias da CARAS Brasil no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!

Último acesso: 29 Sep 2020 - 00:11:25 (363310).

TV CARAS