Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Juliana Schalch fala de sua personagem em 'O Negócio' e sobre o novo trabalho em uma série da Record

No ar como uma garota de programa na terceira temporada de 'O Negócio', a atriz conta sobre seu sucesso na série e também sobre os planos ao lado do amado, o ator Henrique Guimarães

CARAS Digital Publicado em 15/07/2016, às 09h56

Juliana Schalch - Sergio Baia
Juliana Schalch - Sergio Baia

Aos 31 anos, Juliana Schalch vive um belo momento profissional. A atriz estrela ao lado de Michelle BatistaRafaela Mandelli a terceira temporada da série O Negócio, sucesso exibido pela HBO. Na trama, Juliana protagoniza cenas quentes ao interpretar a garota de programa e empresária Luna. 

Além disso, a atriz também está no elenco de Sem Volta, nova série da Record, que estreia no segundo semestre de 2016 e conta a saga de um grupo de montanhistas que partem para uma escalada na Serra dos Órgãos.

Em entrevista exclusiva para a CARAS online, a loira fala sobre carreira, tabus, novos projetos, ambições e futuros herdeiros.

Confira:

Você se surpreendeu com o sucesso de O Negócio no Brasil e no exterior?
Sim, claro. A série foi ganhando espaço e reconhecimento ao longo das temporadas e isso foi muito interessante. Na América Latina, logo na primeira temporada, já tivemos uma ótima repercussão. Aqui no Brasil foi um pouco mais devagar até essa terceira temporada começar a dar o que falar.

Tem vontade de investir em uma carreira internacional?
Sim. Com a participação em O Negócio essa vontade aumentou, pois estamos em toda a América Latina, Europa, Estados Unidos e Ásia.

Se identifica de alguma forma com a Luna, sua personagem na série?
Tem sempre algo que fala da gente… De alguma forma, me identifico com a Luna sim, ela é romântica, família… Me divirto muito com as confusões que ela arruma!

Fez algum laboratório para dar vida à uma garota de programa?
Por escolha da direção, nosso estudo para a composição dessas personagens também foi frequentarmos o ambiente da classe AAA de São Paulo com o intuito de nos misturarmos com esse grupo de pessoas já que esse é o público-alvo das três protagonistas.

Se inspira em alguém para fazer essa personagem?
Acho que a Luna tem muito a ver com Bonequinha de Luxo, vivida pela Audrey Hepburn. Também me inspirei em A Bela da Tarde, com Catherine Deneuve. Foram boas e belas referências.

Na série, a prostituição é retratada exatamente como um negócio, do qual as meninas escolheram participar e lucram alto com o trabalho. Como você analisa esse olhar mais sofisticado dos diretores ao falarem sobre o assunto?
A escolha da direção e da HBO, ao abordar a prostituição dessa maneira, foi mostrar um lado pouco retratado dessa profissão, onde as mulheres não são vítimas das circunstâncias. Na realidade, elas fizeram uma escolha de vida e lidam bem com isso. São super bem resolvidas! Acho que, hoje, com toda essa discussão sobre a mulher que estamos vivendo, sobre a infeliz cultura do estupro e, até  sobre se ter direito a esse tipo de escolha, é um assunto super moderno e desafiador. Ao mesmo tempo, é tudo retratado com bom gosto, sensualidade e elegância e provoca a reflexão sobre esses paradigmas. Fico feliz em estar em uma produção como essa nesse momento.

Como foi interpretar a protagonista da nova série da Record, Sem Volta, me conta um pouco sobre a sua personagem, Suzana…
A Suzana é uma mulher firme, líder. Tem um coração maior que o mundo e leva isso até as últimas consequências. Foi maravilhoso me aproximar dela, descobrir suas verdades e firmeza. Me fez crescer muito.

Onde as cenas da série foram gravadas?
A série foi gravada na floresta, em lugares perto do Rio de Janeiro. Foi uma super aventura, pois estávamos sempre a céu aberto, lidando com frio, calor, insetos… Mas também foi muito prazeroso! Gosto de estar em contato com a natureza e essa série me proporcionou lindos momentos.

Ansiosa com a estreia? 
Super ansiosa! Ainda não sabemos a data de estreia, mas será, com certeza, no segundo semestre desse ano.

Durante toda sua carreira, já teve que gravar alguma cena e não conseguiu?
Não, nunca tive uma cena que não consegui fazer apesar de, como atriz, já ter me deparado com cenas bem difíceis. Cenas que, talvez, tivesse feito de outra maneira.

Está com saudade de atuar em novelas?
Sim! A diferença entre série, filme e novela é bastante grande. A novela é uma obra aberta, onde o personagem vai se construindo e se modificando ao longo da trama. Tenho saudade desse processo.

Já tem algum trabalho em andamento para o futuro?
Estamos com algumas possibilidades em andamento, mas não gosto muito de falar antes.

Você é casada desde 2014 com o Henrique Guimarães, apesar dele também ser ator, rola ciúmes quando você participa de cenas mais picantes?
Não, a gente entende bem o ofício um do outro.

Pretendem aumentar a família em breve?
Sim. Pensamos em ter filhos, mas não agora. Talvez, em breve. Por enquanto ainda estamos indo com calma em relação a esse assunto.