Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

José Henrique Ligabue, o Lino de 'Flor do Caribe', revela: “Eu adoro costurar”

Em seu primeiro trabalho na TV, galã torce pelo romance do personagem com Carol (Maria Joana) e afirma que já fez de tudo antes de se encontrar no teatro

Luiza Camargo Publicado em 02/08/2013, às 14h40 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Lino (José Henrique Ligabue) e Carol (Maria Joana) - TV Globo
Lino (José Henrique Ligabue) e Carol (Maria Joana) - TV Globo

 Em seu primeiro papel na TV, José Henrique Ligabue já é um sucesso. Tudo graças ao rendeiro tímido e fofo Lino, seu personagem em Flor do Caribe.

Em entrevista à CARASOnline, o gaúcho de 31 anos afirmou que acredita que o jeito sensível e o romance com Carol (Maria Joana) fizeram com que Lino crescesse na trama.

 +  Rita Guedes fala de personagem religiosa em Flor do Caribe: “Choro antes de interpretá-la”

 + Grazi Massafera é fã de azul! Veja 40 looks da atriz com a cor

 +O make das personagens de Grazi Massafera, Paolla Oliveira e Sophie Charlotte nas novelas

Ele e a Carol são muito fofos juntos e estão com muita aceitação do público. Acredito que isso ajudou o personagem a crescer na novela. O jeito dele, a timidez, a virgindade e a pureza também encantaram as pessoas. Tudo isso é um grande presente pra mim”.

A composição do rendeiro não foi muito difícil para José. Pelo menos, a parte da costura. Neto de alfaiate, o galã é fã da atividade há anos.
.
Eu adoro costurar e faço isso há anos! Tive algumas aulas de renda para o Lino, mas já tinha bastante experiência na área. Em meu primeiro grupo teatral, eu mesmo fazia meu figurino!”, afirma o ator.

 + “Já me chamaram de corno nas ruas”, afirma Armando Babaioff, o Érico de 'Sangue Bom

 + ‘Tripliquei de amigos no Facebook’, afirma Josafá Filho, o Filipinho de ‘Sangue Bom’

Mas este não é o único ‘dom’ de José. Além de atuar, ele faz faculdade de dança contemporânea, é dono de uma ótica em Porto Alegre e pratica trilhas em suas folgas.

Eu tenho um lado meio hippie, artístico. Já fiz de tudo na vida. Fui guia turístico, gerente de loja, pedreiro. Quando encontrei o teatro foi a minha grande realização, já que finalmente consegui explorar essa minha veia artística", afirma o galã.

Com a rotina cheia de atividades, José garante que a vida pessoal está tranqüila, já que está solteiro. Mas, o assédio feminino aumento nos últimos meses.

Nossa, eu ouço todo dia ‘quero o Lino pra mim’, ‘quero colocar você no meu colo’. Como o Lino é um homem sensível e puro, isso mexe com o imaginário das mulheres, e aí todo mundo vem falar comigo. Eu me divirto e aviso ‘está difícil achar homem assim hoje em dia’, tem que dá valor para um rapaz como o Lino’ “, afirma o ator.