TV Debate

Joana Borges fala sobre assédio em 'Malhação': ''Sensação de impotência'

Joana Borges como Verena em 'Malhação
Joana Borges como Verena em 'Malhação Globo/João Miguel Júnior


Atriz elogia nova trama por tratar de assuntos tão importantes para jovens

Joana Borges tem 24 anos. 2 a menos do que a novela na qual estrela, Malhação, que já conta com 26 temporadas. O folhetim voltado ao público jovem busca cada vez mais tratar dos assuntos sérios que adolescentes enfrentam: tráfico e uso de drogas, distúrbios psiquiátricos, depressão. E abuso sexual. 

Joana vive Verena, uma adolescente de 15 anos, estudante do colégio Sapiência. Na trama, a garota é vítima de um ataque sexual de Breno, seu professor de história. Então, a trama desenvolve-se discutindo um assunto em pauta por toda a mídia nos últimos meses: o assédio. 

Mais Notícias

“É um tema que tem ganhado muita visibilidade nos últimos tempos, e isso é uma ótima notícia. Mais mulheres têm criado coragem para denunciar seus assediadores/abusadores e o escândalo envolvendo João de Deus é um exemplo disso. Ao mesmo tempo, acredito que temos um caminho longo pela frente”, explicou a estrela ao G1.

Para ela, o fato de o assunto estar na boca do povo é de extrema importância, pois quando ela era adolescente, via tudo acontecendo e se incomodava, mas nunca recebeu conselhos adequados. “Quando eu tinha a idade da Verena, 15 anos, assédio, relacionamento abusivo, temas próximos da questão feminista, eram muito pouco elucidados. Não se falava disso como se fala hoje em dia", recordou.

“Tudo acontecia tal como hoje e lembro de me incomodar desde muito nova com o assédio principalmente, mas não havia reflexão a respeito. Pelo contrário, o conselho que me era dado era de ignorar, relevar, ‘fingir que não ouvi’”, indignou-se a garota.

Ela afirmou que nunca viveu situação muito grave, mas que "todas nós, em maior ou menor grau, já passamos por algum tipo de assédio.”

Apesar disso, já teve que lidar diretamente com vítimas de abuso sexual. “Lembro de uma menina de 13 anos que me mandou por dias seguidos desabafos muito dolorosos sobre uma situação de abuso pela qual passou. É uma sensação de impotência muito grande dos dois lados. Não tem muito o que falar, a não ser desejar-lhe que fique bem e que procure amparo entre amigos, familiares e psicólogos”, recomendou Joana.

"O assédio velado, em tom de brincadeira, ou disfarçado de elogio ainda é muito comum, inclusive dentro das empresas, em locais de trabalho e por parceiros de equipe", ressaltou por fim.

por CARAS Digital
Atualizado quarta 20 fevereiro, 2019 (313791) | 19/03/2019 14:36:17

Mais conteúdo sobre:

CARAS Recomenda

  1. O Aprendiz estreia na Band com disputa de influenciadores
  2. Claude revela seu toque especial no Bate Bola na Cozinha
  3. Olivier Da Costa exibe ligação amorosa com receita no Bate B
  4. Bate Bola na Cozinha com Fabio Benedetti

Receba em Casa

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

  1. 1 Roberta Miranda se pronuncia sobre polêmica com Alok
  2. 2 Décima filha de Latino fala como descobriu sobre paternidade
  3. 3 Rainha Elizabeth II aparece em evento com Kate Middleton
  4. 4 Erick Jacquin aparece em momento fofíssimo com os gêmeos
  5. 5 Ronan Carvalho curte festão ao lado de amigas de Anitta
  6. 6 Personagem 'Tia' volta para o programa ''Mulheres''
  7. 7 Kylie Jenner desmente boatos sobre sujeira: ''É Ouro''
  8. 8 Kaysar Dadour relembra morte de namorada em gravação
  9. 9 Bettina, milionária do Youtube desmente sobre fortuna
  10. 10 Galã do BBB19 mostra parte íntima e recebe elogio ousado