Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
TV / Drama

Henry Castelli revela porque teve personagem de novela cortado

Os fãs do ator ficaram curiosos e ele não fez questão de esconder o que aconteceu

CARAS Digital Publicado em 20/06/2018, às 18h13 - Atualizado em 15/01/2019, às 10h23

Henri Castelli - Reprodução Instagram
Henri Castelli - Reprodução Instagram

Henri Castelli ficou empolgado com a reprise da novela Belíssima, na qual fez uma breve participação interpretando o falecido marido da personagem de Cláudia Abreu, Pedro, e resolveu compartilhar a imagem de uma da cenas de romance que gravou. 

Os fãs do ator ficaram felizes com a lembrança, mas aproveitaram para expressar que não haviam gostado do destino de seu personagem, que na trama de Gilberto Braga, sofreu uma morte misteriosa logo nos primeiros capítulos. “Até hoje não sei porque mataram seu personagem”, lamentou uma fã, “Esse personagem era ótimo, mas morreu muito cedo. Não gostei! Queria ele vivo até o final da novela!”, disse outra fã.  

O galã fez questão de responder alguns comentários da publicação e acabou revelando que não gostaria de ter continuado com o papel, mas teve que abandonar a produção, pois já estava com outro projeto em andamento. “Era para ter ficado até o final mesmo, mas eu já estava gravando Cobras e Lagartos na época”, explicou.  

Além de Catelli, Marina Ruy Barbosa, que interpretou Sabina, filha de seu personagem, também vibrou com o retorno de Belíssima e algumas semanas atrás fez um post agradecendo a grande oportunidade de ter feito parte do elenco quando ainda estava no começo de sua carreira.

Afastado das telinhas desde o final da novela Tempo de Amar, Henri tem dividido seu tempo entre algumas viagens e  programinhas mais caseiro ao lado dos filhos. Algumas semanas atrás ele deixou os seguidores encantados com a semelhança e beleza de seus filhos, após fazer uma dedicatória para os pequenos.   

Conheça a nova decoração do apartamento de Henri Castelli