Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARAS

Há 40 anos estreava 'Pecado Capital', um dos marcos da história das telenovelas

Considerada o trabalho mais maduro de Janete Clair, telenovela que estreou em 24 de novembro de 1975 trazia nomes de peso como Lima Duarte, Betty Faria, Rosamaria Murtinho e Francisco Cuoco; relembre!

CARAS Digital Publicado em 24/11/2015, às 14h56 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Pecado Capital - Divulgação TV Globo
Pecado Capital - Divulgação TV Globo

Há exatos 40 anos estreava Pecado Capital, novela assinada por Janete Clair que parou o Brasil. Numa época em que o país ainda convivia com a censura, a trama protagonizada por um elenco estelar marcou gerações e trouxe novos personagens como protagonistas.

+ Explode Coração completa 20 anos! Veja o antes e o depois do elenco

Considerado um dos seus trabalhos mais marcantes da autora que já havia escrito as inesquecíveis Irmãos Coragem e Selva de Pedra, a trama ambientada nos subúrbios do Rio de Janeiro mostrava uma cidade realista, em que ninguém era totalmente bonzinho e as falcatruas e conchavos estavam presentes no cotidiano de todos.

Há relatos de que a Globo tenha se assustado com tamanho realismo e tenha cogitado a regravação de algumas sequências, tamanho era a violência prevista no roteiro. O diretor Daniel Filho bancou o projeto, decisão que se mostrou acertada após a trama se tornar sucesso de público e crítica.

O protagonista, Carlão, um motorista de táxi do Méier, e Lucinha, uma operária que trabalhava em uma fábrica de roupas, fez o Brasil se apaixonar pela dupla Francisco Cuoco e Betty Faria. A novela ainda trazia nomes como Lima Duarte, Rosamaria Murtinho, Débora Duarte, Marco Nanini e Mário Lago- alguns deles escalados para estrelar Roque Santeiro, novela de Dias Gomes cancelada em cima da hora porque havia sido proibida pelos censores.

Com linguagem popular, trama ágil com toques policiais e trilha sonora marcante, Pecado Capital é uma das novelas de maior sucesso da história da TV Globo. Composta especialmente para a novela, a canção de autoria de Paulinho da Viola é até hoje lembrada como exemplo de um tema de abertura que resistiu ao tempo. 

Relembre!