Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARAS
TV / Ponto de vista!

Gustavo Bechara critica ex-participantes de reality shows em novelas: ''Pulou diversas etapas''

Gustavo Bechara, ator cotado para a próxima trama da Globo, defende que ex-participantes de reality shows estudem dramaturgia

CARAS Digital Publicado em 13/01/2022, às 12h32 - Atualizado às 12h45

Gustavo Bechara critica escalações de ex-participantes de realities em novelas - Foto/Divulgação
Gustavo Bechara critica escalações de ex-participantes de realities em novelas - Foto/Divulgação

É correto sair de um reality show e ir direto para uma novela em horário nobre? Certo ou errado, isso é muito comum há pelo menos duas décadas no Brasil, quando os realities se tornaram um dos produtos televisivos de maior audiência em todo o País.

Se para o telespectador pode não fazer tanta diferença, tendo em vista que o protagonismo nas novelas continua com os atores e as atrizes de maior destaque no cenário nacional, a comunidade artística não esconde um certo desconforto.

Gustavo Bechara critica escalações de ex-participantes de realities em novelas:

Recentemente, foi a vez do ator e diretor do espetáculo Paixão de CristoGustavo Bechara, conhecido no meio artístico como um intelectual das artes cênicas, tecer comentários sobre a inclusão de ex-participantes de reality shows em novelas.

“Não digo que sou contra um ex-participante de reality ter um papel em uma produção para a TV. Contudo, todo ator precisa estudar para desenvolver suas capacidades de expressão e interpretação. Tem muita gente fazendo isso e persistindo em busca de uma chance”, declarou Bechara. “Quando alguém vai do reality para a novela, significa que simplesmente pulou diversas etapas e, no limite, ocupou a vaga de alguém tecnicamente mais preparado”, complementa o artista.

Bechara reconhece que muitos participantes de realities sonham em se tornar artistas. Desse modo, após a projeção no programa, ele diz que os ex-participantes deveriam procurar cursos de artes cênicas.

“Há faculdade e cursos técnicos para formação em dramaturgia. Também há cursos de imersão e oficinas. E não se pode esquecer que diversos teatros oferecem aulas e papéis em peças para quem está começando”, indica Bechara. “Opções para capacitação não faltam”, pontua.

Bechara não esconde que é entusiasta de cursos de capacitação e aprimoramento em técnicas de dramaturgia.

O artista, inclusive, costuma organizar oficinas com este propósito e deve tirar do papel ainda neste ano o projeto “A Imersão do Ator” (AIA), cujo objetivo é reunir atores, diretores e roteiristas, profissionais e amadores, durante uma semana para troca de experiências e produção de um curta-metragem.

Além disso, para 2022, Bechara planeja retomar as apresentações do espetáculo Paixão de Cristo, cancelado nos dois últimos anos em função da pandemia de covid-19, e realizar a próxima edição da Feira do Empreendedorismo Artístico (FEA), da qual é CEO.

O ator também está cotado para um papel na próxima novela da TV Globo que deve ir ao ar na grade horária das 18h.