Grande nome do humor brasileiro revela que fim do Programa Pânico foi um alívio

Humorista contou que o clima do programa já estava bem desgastado, por isso chegou ao fim

CARAS Digital Publicado segunda 1 julho, 2019

Humorista contou que o clima do programa já estava bem desgastado, por isso chegou ao fim
Artista surpreendeu a todos com a revelação que fez - Reprodução/Instagram

O encontro entre Lucas Selfie e Daniel Zukerman rendeu um bate papo para lá de revelador. Sempre muito direto e reto, o humorista chegou a abusar da sinceridade para dissertar sobre alguns assuntos importantes de sua carreira profissional. Questionado sobre o Programa Pânico, que o lançou para o mundo do humor, Daniel contou detalhes referentes ao fim da atração.

Conhecido por diversos personagens emblemáticos, como o famoso ‘Xupla’ e o ‘Impostor’, Daniel disse que realmente o atrativo marcou época e revolucionou a forma de tratar o humor no Brasil, porém, seu fim pode ter sido considerado um alívio para os profissionais que estavam atuando no programa noturno da Band.

"Foi um alívio. Ah, cara, eu acho que a gente chegou no topo. Já sabia, já sentia. Pelo conteúdo que a gente tava fazendo, já tinha dado aquilo. O contexto geral do programa já tava um desgaste”, desabafou Zukerman.

Para Daniel, o Pânico teve um destino diferente do que se imaginava, justamente pelo fato de que as novas mídias impactaram diretamente os quadros do programa. Neste momento, os responsáveis ainda tentaram remanejar a atração e concorrer com as mesmas, fugindo da zona de conforto. Mas, o resultado não foi tão satisfatório.

"A galera começou a ir para o celular, vídeo de WhatsApp concorria com a gente. Eu acho que a gente começou um outro trabalho. E é muito bom sair da sua zona de conforto, procurar outras coisas”, continuou ele.

Por mais que o Pânico tivesse chegado ao fim nas telinhas, a atração da Rádio Jovem Pan continua como um dos carros chefes da emissora. De todos os presentes na formação clássica, Daniel é o único que acompanha Emílio Surita.

"Eu adoro a rádio. Não tô falando para agradar. E o trabalho que eu faço hoje foi o que me despertou lá atrás. Como eu posso achar ruim, cara? Obviamente que o salário na televisão era incrível, não? Mas a gente tá se reconstruindo aí, moleque”, completou o artista, que recordou seus principais desafios dentro do programa.

 

 

Último acesso: 06 Dec 2021 - 23:55:01 (323250).

Leia também

TV CARAS