Giullia Buscacio relembra personagem ao falar sobre a reprise de 'Novo Mundo': ''Assédio aumentou''

Em entrevista para CARAS Digital, Giullia Buscacio conversa sobre sua personagem na novela 'Novo Mundo'

Deborah Kövesi Publicado quinta 23 julho, 2020

Em entrevista para CARAS Digital, Giullia Buscacio conversa sobre sua personagem na novela 'Novo Mundo'
Em entrevista para CARAS Digital, Giulia Buscacio fala sobre sua personagem em 'Novo Mundo' - Globo/João Miguel Júnior

Nos últimos meses, os fãs de Novo Mundo, tiveram a oportunidade de rever essa linda obra de Thereza Falcão e Alessandro Marson, que originalmente tomou as telinhas no ano de 2017.

A novela, que retrata o cenário do Brasil no início do século XIX, retomou o sucesso com sua trama que mistura fatos históricos e elementos da ficção, prendendo seus espectadores através de personagens extremamente complexos e marcantes. 

Em entrevista exclusiva para a CARAS Digital, a atriz Giullia Buscacio, que interpreta a jovem indígena Jacira, relembrou alguns aspectos interessantes de sua personagem, contando também sobre como tem sido a repercussão da reprise.

Giulia falou muito sobre a caracterização de seu papel: ''Como a Jacira tem uma caracterização muito diferente de quem eu sou, muitas pessoas estão impressionadas em descobrir agora na reprise que eu fiz a personagem'', relatou ela. ''Meu corpo fica muito em evidência e isso nunca foi uma questão pra mim, mas sinto que o assédio aumentou e os comentários a cerca do meu corpo também. Escutei muitas coisas ousadas na época e hoje na reprise, sinto o mesmo nas redes'', continuou, afirmando que recebe reações impertinentes a respeito da exposição de seu corpo. 

''Pra mim a interpretação vem em primeiro lugar, nunca me permiti entrar em uma questão com meu corpo, por que eu deveria dar 100% da minha atenção a atuação, tanto que ouvi muitos comentários, até mesmo de colegas de trabalho, mas procurava não absorver nada, meu corpo não era o foco pra mim, assim como não era pra personagem'', contou ela, deixando bem claro que enfrentou diversos episódios de assédio por conta do figurino, que, na realidade, nunca representou seu foco na construção do papel. 

Giulia contou que a representação da personagem exigiu muito estudo e engajamento. ''Tive a chance de passar um tempo na aldeia Parkateje, junto com meus colegas de trabalho, onde conhecemos mais da cultura que vai muito além do que é dito nos livros. Esse olhar da vivência é o que faz toda diferença na obra e me fez ver além'', declarou ela, afirmando também que se identifica com a personalidade de Jacira: ''Acho que assim como a Jacira prezo muito pela minha liberdade, jamais estaria em um relacionamento que me privasse de ser quem eu sou'', apontou.

Por fim, a atriz falou sobre os aprendizados trazidos pela personagem a respeito da relação que deve existir entre amor e liberdade. ''Muitas pessoas associam o amor a falta de liberdade e eu não acredito nisso. Acho que os dois podem andar lado a lado e a Jacira vai descobrir isso também'', concluiu.

Receba notícias da CARAS Brasil no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!

 

 

Último acesso: 02 Dec 2021 - 00:06:49 (358067).

Leia também

TV CARAS