Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso ganham prêmio por luta contra o racismo: 'É preciso ser antirracista'

O casal ganhou o troféu 'Faz a diferença' do jornal O Globo

CARAS digital Publicado em 31/03/2018, às 13h24 - Atualizado em 02/08/2019, às 12h31

Giovanna Ewbank, Bruno Gagliasso e Titi - Instagram/Reprodução
Giovanna Ewbank, Bruno Gagliasso e Titi - Instagram/Reprodução

Desde a chegada de Títi em suas vidas, Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso começaram a sentir no peito uma luta que até então achavam que não era também deles.

A pequena abriu ainda mais os olhos do casal para o problema que é o racismo. "Eu não tinha ideia que era assim. Óbvio que sempre soube que (o racismo) existia, mas vivenciar isso dentro de casa é muito forte, agressivo, machuca. E você só sente quando está dentro de casa", contou o ator.

Títi já foi alvo de ataques preconceituosos principalmente nas redes sociais. E Bruno sempre se mostrou disposto e determinado em fazer justiça contra aqueles que tentar insultar sua família.

Durante a última semana, o casal recebeu o o prêmio 'Faz a Diferença' do jornal O Globo pela sua jornada e luta contra o racismo. Em entrevista para a Purepeople, o ator revelou que as pessoas precisam ser mais do que apenas não racistas ˜Não adianta só não ser racista, é preciso ser antirracista. Só assim as coisas vão mudar", explicou. "Não adianta você não ser racista e não fazer nada com quem é", concluiu sua esposa, Giovanna. 

Sobre o prêmio e o atual envolvimento dos dois no tema, ele acredita que tem feito apenas seu papel como pessoa "É difícil falar porque fizemos nossa obrigação. Se todo mundo fizesse a sua obrigação, se as pessoas parassem de ser omissas tudo seria melhor", conta.

Desde a adoção da pequena Títi, Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso têm demonstrado à internet o real significado de fofura. Asfotos de Chissomo, que já foi atacada por comentários racistas nas redes sociais, encantam os fãs do casal, que não poupam comentários amorosos no Instagram. "Essa imagem representa amor", "Muito amor" ou “Que princesa linda”, postam.

Juntos desde 2010, após enfrentarem algumas crises no relacionamento, Gioh e Bruno  se mostram bastante unidos, principalmente na luta contra o preconceito racial. Em março de 2018, os dois comemoraram os oito anos de casados em um vídeo que foi ao ar no canal do YouTube da apresentadora.