tv Preconceito!

Gil do Vigor desabafa após sofrer ataques homofóbicos: ''Não tinha pra quem recorrer''

Ex-participante do BBB abriu o jogo no programa 'Papo de Segunda', do GNT

CARAS Digital Publicado terça 18 maio, 2021

Ex-participante do BBB abriu o jogo no programa 'Papo de Segunda', do GNT
Economista relembrou de episódios homofóbicos em sua vida - Divulgação/TV Globo

Gilberto Nogueira (29), o Gil do Vigor, foi o convidado especial do Papo de Segunda, programa exibido na noite desta segunda-feira, 17, pelo GNT.

Na atração semanal comandada por Fábio Porchat (37), o ex-participante do BBB 21 desabafou sobre os ataques homofóbicos que enfrentou em sua vida.

"Sofri ataques e não tinha para quem recorrer", iniciou o economista que se destacou no reality show da TV Globo.

"Quis trazer voz para aquele povo mesmo que não tem, que grita, é chamado de mimimi, não tem, ninguém ouve, tem que ouvir calado porque não tem recurso. Não tem! Várias vezes na igreja, na universidade, em outros lugares, sofri sofri ataques e não tinha para quem recorrer. Vou recorrer para quem? Tenho que chegar no trabalho 8h, sair 17h, ir para a faculdade 18h. Então assim, é aguentar calado e esperar, não tem muito como recorrer", recordou ele.

Gil ainda reforçou que a entrada dele no BBB pode ter ajudado a outras pessoas que se sentem menosprezadas e não compreendidas por sua orientação sexual.

"Então, é importante a gente acabar com isso. Dar proteção, meios e oportunidades para que as pessoas, de fato, abram a boca e falem: 'Não dá mais, estou passando por isso'. Coisa que, por muito tempo, a realidade é que não tem como você recorrer. Você grita, grita, grita, mas parece que ninguém te ouve. Isso era o que queria falar no Big Brother, é o que falo agora e vou falar para sempre. Precisamos dar voz, não só para mim, mas para todos os Gils que vivem no anonimato, que sofrem, apanham, lutam e gritam muito, muito alto, mas não tem pessoas para ouvir", falou.

Último acesso: 20 Jun 2021 - 04:15:49 (389254).

Leia também

TV CARAS