Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Galã em Alto Astral, Nando Rodrigues quer mostrar versatilidade: 'Seria um prazer engordar ou raspar o cabelo'

Ganhando destaque na novela 'Alto Astral', Nando Rodrigues fala sobre a fama de galã, conta como a namorada, Dani de Lova, lida com o assédio em cima dele e diz que adoraria passar por uma 'mudança drástica' por um personagem

CARAS Digital Publicado em 19/03/2015, às 15h22 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Nando Rodrigues - Divulgação
Nando Rodrigues - Divulgação

Nando Rodrigues (30) foi ganhando espaço na novela Alto Astral aos poucos. O ator, que interpreta o nadador Ricardo, conquistou o público e logo seu personagem cresceu na trama de Daniel Ortiz. "É uma enorme satisfação! O Ricardo chegou na trama, colocando panos quentes na relação conturbada dos pais, como o menino boa praça que já chegou fazendo sucesso no clube porque era campeão de natação, mas de uns tempos pra cá a história dele se abriu muito e estou muito contente com esse espaço. Tenho gravado muitos dias por semana e sou extremamente grato a confiança que o Daniel depositou em mim", diz ele em entrevista à CARAS Digital

Assim como aconteceu quando apareceu na primeira fase de Em Família, Nando chama atenção por sua beleza, mas ele não foca na fama de galã. "Acho um elogio me considerarem galã e parte do reconhecimento do meu trabalho, mas rótulos te limitam", avalia. "Não me incomoda, mas eu prefiro ser reconhecido pelo meu trabalho. Entre me elogiarem por um papel bacana que estou fazendo ou pela minha aparência, prefiro a primeira opção. Mas falo isso sem menosprezar quaisquer elogios, são sempre bem vindos, é ótimo receber qualquer tipo de carinho", explica. 

Na rua, Nando diz que recebe cantadas 'tranquilas e sutis' das fãs. "Encaro de forma leve, sempre com o sorriso aberto. Afinal, as fãs só ajudam meu trabalho. As cantadas são mais elogios puxando pelo fato de assistir a novela, normalmente eu diferencio quando é cantada ou quando é só um feedback mesmo como público pelo olhar, dá pra sacar quando existe uma outra vibração", fala. 

Como a namorada, a bailarina Dani de Lova, lida com esse assédio em cima dele? "Ela também é atriz e isso facilita muito o entendimento da nossa profissão. Ela me apoia muito e vice-versa, torce quando vê que o papel está funcionando, que as pessoas tem respondido bem...", comenta. 

Para fugir do estereótipo de galã, Nando toparia encarar desafios que envolvam mudanças físicas. "Por um bom personagem seria um prazer fazer qualquer mudança drástica, desde engordar até emagrecer demais, raspar o cabelo... Acho que faz parte! Mostrar versatilidade e pegar perfis com boa curva cênica só é engrandecedor para o nosso trabalho", diz. 

Apesar do sucesso com as mulheres por sua beleza, o ator confessa que nem sempre se deu bem com espelho. "Sempre tem uma fase na adolescência que a gente acaba procurando mais defeito do que valorizando as próprias qualidades e comigo não foi diferente. Nada drástico, graças a Deus sempre prezei muito mais reverter qualquer insatisfação em motivação pra mudar o que não está bacana, do que me acomodar", fala Nando.