tv Otimismo

Fernanda Gentil fala sobre a quarentena e a volta da rotina: ''Nunca foi tão difícil ser otimista''

Nas redes sociais a apresentadora falou sobre os últimos meses em casa e a preparação para voltar a rotina com segurança

CARAS Digital Publicado segunda 20 julho, 2020

Nas redes sociais a apresentadora falou sobre os últimos meses em casa e a preparação para voltar a rotina com segurança
Fernanda Gentil desabafa sobre quarentena e volta da rotina - Reprodução/Instagram

Fernanda Gentil usou suas redes sociais nesta segunda-feira, 20, para fazer um desabafo. 

A apresentadora refletiu sobre os quatro meses que ficou em casa em isolamento social devido à pandemia do novo coronavírus, e lembrou do quadro de atividade que tem em casa, onde deixa anotado as tarefas que a família realizará ao longo do mês. 

Gentil confessou que no começo não apagou o quadro porque tinha esperança de que a quarentena durasse pouco e sempre buscou ser otimista, mesmo sendo um momento tão difícil para isso. 

"A casa parou em março, e até então as atividades daquele (já distante) mês estavam no quadro. Eu nem mexi na época porque pensei “ah, daqui a 2 ou 3 semanas a vida já retoma e eu apago”. Que tola, eu. Ou que otimista, eu. E sou mesmo otimista! E me orgulho! Cá entre nós, confesso: nunca foi tão difícil ser otimista (mas ainda entre nós: otimistas não desistem!)", contou.

"Voltando ao quadro, hoje, mais de 4 meses depois, foi até difícil tirar o que tava escrito. Parece que ficou grudado, sabe? Como se não quisesse acreditar que num piscar de olhos já estaríamos 120 dias à frente de tudo o que estava programado naquele mês. Só consegui limpar 100%, por ironia do destino, com uma pitada de álcool gel", explicou a jornalista.

Após meses em casa, Fernanda contou que agora está se preparando para voltar a rotina. "Em seguida atualizei pra agosto, quando devemos recomeçar - aos poucos, bem devagar, e cumprindo todas as orientações - as funções da casa. De garantia só temos o fato de que temos que contar cada vez mais uns com os outros, principalmente nesse momento de reencontros. De resto, sabe-se lá como vai ser. Na verdade, vamos descobrir em tempo real; o famoso 'trocar a peça do avião com ele no ar'", acrescentou.

A apresentadora ainda ressaltou a importância de todos se ajudarem. "A certeza é que vamos fazer isso juntos porque pela primeira vez temos, todos, um inimigo em comum. Que isso baste pra gente se unir nesse (re)começo e trabalhar cada vez mais a nossa empatia. Porque se a gente sair dessa quarentena do jeito que a gente era quando começou a quarentena, a gente não entendeu nada", finalizou. 

Receba notícias da CARAS Brasil no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!

Último acesso: 15 Oct 2021 - 12:32:06 (357792).

Leia também

TV CARAS