Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
TV / Bastidores

Fátima Bernardes rebate as críticas por suas ausências no programa Encontro

Férias? Fátima Bernardes nega a fama de que tiraria muitas férias por ano: 'Isso é muito injusto'

CARAS Digital Publicado em 23/05/2022, às 08h37

Fátima Bernardes - Foto: Reprodução / Globo
Fátima Bernardes - Foto: Reprodução / Globo

A apresentadora Fátima Bernardes (59) esbanjou sinceridade ao comentar os rumores de que tiraria muitas férias por ano no programa Encontro, da Globo. Ela negou que suas ausências sejam férias e que se ausentou da atração por motivos de saúde.

“Mas, gente, isso é muito injusto! Quando você passa por uma cirurgia de câncer e consegue voltar ao trabalho em um mês, ninguém diz que você retornou mais rápido do que qualquer pessoa. Depois, eu faço uma cirurgia no ombro que me deixa com uma tipoia no braço, afastada por seis semanas. Voltei a trabalhar sem conseguir botar a mão na cabeça. Isso ninguém vê. Sinto muito, mas a Globo nunca considerou afastamento por doença como férias”, disse ela em entrevista ao Jornal Extra.

Logo depois, ela rebateu a cobrança dos comentários maldosos sobre suas ausências. “Eu dormia recostada num triângulo, com um braço afastado do corpo. Isso são férias? Não! Então, quando estou curada, é lógico que vou tirar as minhas férias. A primeira coisa que ouvi dos meus chefes foi: 'você tem que ficar boa, esqueça o restante'. Nunca entendi essa cobrança das pessoas, como se eu fosse servidora pública. Eu sou funcionária de uma empresa particular que reconhece o meu trabalho e a minha necessidade de repouso também”, disse ela.

Fátima Bernardes e a decisão de sair do 'Encontro'

Na mesma entrevista ao Jornal Extra, Fátima Bernardes comentou sobre a decisão de sair do programa Encontro e se tornar a apresentadora do The Voice Brasil. "Não é que eu estivesse insatisfeita.Uma pessoa que tem um programa que leva o seu próprio nome funcionando... Isso tem um valor enorme! Mas a minha vida toda foi de trabalho diário", contou ela. 

Então, ela completou sobre o desejo de ter mais flexibilidade de rotina. "Em 2020, com a pandemia, comecei a pensar em ter um pouco mais de flexibilidade. O Encontro só ficou fora do ar durante um mês. Eu tenho uma casa numa região de praia, mas não dava para fazer home office, como muita gente fez. O fato de seu ter tido câncer me fez ver que a gente tem que dar uma virada na vida", afirmou. 

Por fim, a comunicadora disse que a família também foi uma motivação. "Uma outra coisa foi meu filho ter ido estudar fora. Ele está na França há quase dois anos, e eu só consegui ir uma vez vê-lo. Agora, Laura [filha] também está querendo estudar fora. Meu namorado mora em duas cidades. Percebi que preciso ter uma lista mais equilibrada do que eu devo e do que eu quero fazer", declarou.