Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
TV / BBB

Ex de Renata ironiza ‘te amo’ de Rafa: ‘Nunca pegou uma mulher tão linda’

Filipe Soldati diz que Renata é vítima de preconceito e machismo e defende a ex-noiva

Redação Publicado em 25/02/2012, às 15h15 - Atualizado às 15h37

Filipe e Renata - Reprodução/Facebook
Filipe e Renata - Reprodução/Facebook

Espectador assíduo do BBB, o músico Filipe Soldati (30) tem acompanhado o novo romance da ex-noiva Renata Dávila (22). Na madrugada deste sábado, 25, a modelo protagonizou cenas quentes com Rafa (35) sob o edredom e ganhou até um 'eu te amo' do colega de confinamento. Em conversa com CARAS Online, Filipe disse que achou engraçada a declaração de amor.

"Ele está aproveitando a situação. Nunca deve ter pegado uma mulher tão linda como ela. Não quer perder. Deve ter pensado 'vou garantir'", disse o músico. Filipe e Renata terminaram o compromisso pouco antes da entrada dela na casa para que ela pudesse aproveitar melhor sua participação. "Assisto de boa, sou ex-noivo. Não tem nenhum problema", garantiu.

Mesmo com os envolvimentos de Renata no reality - primeiro ela ficou com Jonas, depois ensaiou um affaire com Ronaldo e agora engatou romance com Rafa -, Filipe mantém a torcida pela ex e faz questão de defendê-la. "Acho que se fosse um homem estaria sendo o melhor do mundo. É machismo, conservadorismo que tem no Brasil", diz. "Ela está com fama de 'mulher da vida'. Acho um exagero das pessoas", defende. Para ele, Renata ficou com Rafa por carência. "Ela é uma pessoa muito carente".

Prestes a lançar um CD single com a canção Meu Risco, que fez para ela, Filipe quer investir no sonho de viver da música. Ele não descarta uma reconciliação com Renata, apesar de saber que seria difícil um retorno. "Acredito que nesse momento não (teria volta). A gente tem que conversar. Quando ela sair terá uma vida conturbada e eu também pretendo viajar fazendo shows. Seria eu viajando pra lá, ela pra cá, talvez não seja interessante", afirma."Não pretendo ir ao próximo paredão. Mas sei que a gente vai conversar. Vou esperar ela me procurar".