Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
TV / Força!

Ex de Naya Rivera exalta força do filho que presenciou a morte da mãe: ''Corajoso''

Ryan Dorsey, ex-marido da atriz, emocionou os fãs ao fazer uma linda homenagem ao filho!

CARAS Digital Publicado em 22/01/2021, às 18h47 - Atualizado às 18h48

Ryan Dorsey ao lado de Naya Rivera e Josey - Foto/Instagram
Ryan Dorsey ao lado de Naya Rivera e Josey - Foto/Instagram

Ryan Dorsey, ex-marido de Naya Rivera, usou o seu perfil oficial no Instagram para exaltar a força do filho, Josey. O menino, de 5 anos, é fruto do relacionamento dos dois.

O pequeno passou pela trágica e traumática experiência de presenciar o afogamento da mãe quando ela e o filho saíram para um passeio de barco, no Lago Piru, na Califórnia. 

"Este garotinho. Cara. Eu não poderia estar mais orgulhoso de alguém. Com tão pouca idade ele suportou mais do que qualquer um deveria suportar aos 5 anos de idade. Mesmo sem perceber totalmente, ele vive o mantra todos os dias com sua resiliência. Você é tão forte, tão corajoso e tão gentil", apontou ele na declaração.

"Sempre estarei orgulhoso de você e sempre nos manteremos juntos, porque é tudo o que podemos fazer. A todos que tiveram um 2020 difícil ... Vocês nunca vão esquecer, nós pensamos nisso todos os dias e eu sinto por vocês e torço ao seu lado nessa frequência... Espero que vocês possam encontrar uma maneira de continuar com seus dias, para perseverar - não importa o quão difícil seja. Todos o amor do mundo pra vocês", escreveu ele na homenagem.

Após o acidente, Ryan processou o condado de Ventura, nos Estados Unidos, por homicídio culposo, negligência e danos emocionais. Os advogados do ator, responsável por conduzir o processo que foi aberto no nome do filho do casal, afirmou que "o barco não estava equipado com uma escada acessível, cordas adequadas, âncora, rádio ou quaisquer mecanismos de segurança para evitar que nadadores se separem do barco, nem equipamentos salva-vidas ou de flutuação".