tv Luta!

Estrela de Riverdale revela que os figurinos eram um gatilho para seus transtornos alimentares

Atriz brasileira revelou que assistente de produção da série foi quem a incentivou a buscar tratamento profissional

CARAS Digital Publicado quarta 26 junho, 2019

Atriz brasileira revelou que assistente de produção da série foi quem a incentivou a buscar tratamento profissional
Atriz de série revela luta contra transtornos alimentares - Foto/Destaque Getty Brasileira

Interpretar a Veronica Lodge não é fácil Camila Mendes. A personagem de Riverdale, conhecida pela sua personalidade autoritária e confiante, esconde um grande segredo.

Não é segredo para os fãs que Camila tem bulimia. A atriz falou diversas vezes sobre o assunto em suas redes sociais e procura não romantizar a doença e aconselha para quem sofre com isso buscar tratamento, por ser algo muito sério.

Durante o festival PopSugar que aconteceu em Nova York, no último fim de semana, a brasileira revelou que as provas de roupas de Riverdale fizeram com que ela percebesse que precisava de ajuda com seu transtorno alimentar e serviu como um gatilho para o agravamento dos transtornos.

“Eu não havia percebido que tinha um distúrbio alimentar até entrar para a indústria… Eu não conseguia nem fazer uma prova de roupa para a série”, comentou.

Ela falou sobre os figurinos apertados de sua personagem, os vestidos curtos, as roupas provocantes e como isso a deixava insegura. “Eram o oposto do que eu gosto de usar e era muito desconfortável. Eu fiquei muito insegura, e chegou um momento em que eu não conseguia fazer as provas de roupas. Cerca de 30 minutos depois eu estava chorando… Eu pensava: ‘Por que as peças não servem em mim?'”

Os distúrbios alimentares de Camila começaram no colégio, quando ela ainda era adolescente, e a situação só foi melhorar quando uma assistente de produção da série, a incentivou a procurar ajuda de um profissional. “Foi quando tudo mudou. Eu recomendo que todo mundo vá a um terapeuta“, disse a atriz.

A atriz também alertou sobre o problema, e que antes, ela pensava que não era tão grave assim. “O caso da minha irmã era muito mais sério que o meu, então eu sempre fazia comparações do tipo ‘Ah, eu não sou assim, então provavelmente não tenho um distúrbio alimentar. Eu só vomito às vezes, não é nada de mais, né?'", contou.

”Se eu comia um docinho, eu pensava: ‘Meu Deus, agora eu não vou comer por cinco horas.’ Eu estava sempre me punindo”, completou.

Desde que começou o tratamneto, Camila Mendes deixou claro que está ficando tudo bem, mas é como se fosse uma luta. “As vozes da minha cabeça nunca somem completamente. Elas só estão bem mais quietas agora. De vez em quando eu me olho no espelho e penso: ‘Ugh, eu não gosto disso.’ Mas aí eu deixo para lá. Eu não deixo isso me consumir.”

Último acesso: 13 Aug 2020 - 21:46:05 (322862).

TV CARAS