Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Pai de Cristiano Araújo revela ter tido pesadelo com o filho machucado antes de acidente

João Reis concedeu uma entrevista para Rodrigo Faro e questionou sobre o fato do filho não ter tido uma segunda chance na vida

CARAS Digital Publicado em 06/07/2015, às 09h48 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Rodrigo Faro, João Reis e Cristiano Araújo - TV Record/Reprodução
Rodrigo Faro, João Reis e Cristiano Araújo - TV Record/Reprodução

João Reis, pai do cantor sertanejo Cristiano Araújo, deu uma entrevista para Rodrigo Faro e revelou que teve um pesadelo com o filho machucado antes do acidente fatal no dia 24 de junho.

"O Cristiano era incapaz de fazer mal para uma formiga. Era do bem, de uma honestidade e caráter intocáveis. Era incrível com os amigos. Por que Deus não deu uma segunda chance para eles [Cristiano e Alana]? Os outros dois tiveram a segunda chance. De repente, iam viver uma vida ainda melhor", disse João.

O pai do sertanejo falou sobre as noites mal dormidas antes do acidente com o filho. "Ele estava naquele lugar escuro, sem ninguém estar olhando para ele, sem o brilho que ele sempre transmitiu. Nunca imaginei isso para meu filho. Apagaram um sorriso, um brilho. Isso que me faz sofrer. Nos últimos dias estava tendo pesadelos. É até ruim a gente falar isso. Eu sonhei que ele tinha parado de cantar, que estava usando drogas. Que estava muito feio. Cheguei a vê-lo caído no chão, machucado. Não tive coragem de falar para ele", contou João no programa A Hora do Faro, na Record.

Seu João acompanhou Cristiano no show realizado em Salvador um dia antes do acidente, mas escolheu não viajar com a equipe para Itumbiara, em Goiás. "Se eu estivesse lá, eu teria tomado atitudes um pouco diferentes. Uma coisa é o amigo, o empresário. Outra coisa é o pai. Me culpo muito. Queria estar com ele em todos os momentos e, no momento em que ele mais precisou, eu não estava lá. Vou acreditar a vida inteira que ele está junto comigo, que está vivo. Não senti nem saudade dele. Sei que, de uma certa forma, ele vai me acompanhar", desabafou.

+ Segurança do cantor Leonardo é morto a tiros em Goiânia

Victor Leonardo, empresário e amigo de Cristiano Araújo, também participou do programa na Record e contou detalhes o capotamento na rodovia Transbrasiliana. "Estava mexendo em meu celular, Cristiano descansando, eu conversando com a Alana. Passaram quinze minutos, e Ronaldão [o motorista] disse que o pneu havia estourado. Me assustei, levantei, olhei e falei: 'Estourou mesmo'. No momento em que disse 'estourou', ele já perdeu o controle do carro. Só lembro da primeira rodada. Saí do carro, sentei no chão cheio de sangue, me pegaram, me levaram para o resgate, fiquei deitado, me imobilizaram. Estava muito escuro, só escutava o Cristiano gemendo de dor", relembrou Victor.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!