Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Emocionada, Fernanda Souza diz que se arrepende de ter trabalhado no dia da morte de seu pai

Atriz conta que ficou muito abalada com a morte do pai, Eudes Souza, em 2013

CARAS DIGITAL Publicado em 16/06/2017, às 17h42

Fernanda Souza - Reprodução/ Instagram
Fernanda Souza - Reprodução/ Instagram

Fernanda Souza se emocionou em uma entrevista à Giovanna Ewbank, publicada no canal no Youtube da loira, nesta sexta-feira, 16.

+Após 18 anos, Fernanda Souza anuncia que vai se mudar do Rio de Janeiro

Na conversa, Fernanda falou da falta que sente do pai, Eudes Souza, que morreu no final de 2013. Questionada pela amiga quem que ela traria de volta à vida pelo menos por 30 minutos, a mulher de Thiaguinho se emocionou e contou como foram sofridos os últimos dias dele.

Meu pai, com certeza absoluta. Acho que a primeira coisa que eu ia fazer é pegar a mão dele, ele tinha a mão muito macia. Uma coisa que eu diria para ele é: ‘pai, desculpa, no dia que você foi embora eu não fiquei. Eu queria ter ficado ao lado da minha irmã porque eu imagino que foi muito difícil para ela vê-lo ir embora sozinha, porque minha mãe estava cuidando da filha dela, meu cunhado trabalhando e ela lá, porque eu tinha que trabalhar. Na verdade, eu estava em um dia de folga, minha irmã falou: Papai está em coma, eu falei: Estou indo aí. Acordei o Thiago e fomos para o aeroporto. Cheguei lá e passei o dia com o meu pai, dormi no hospital com ele, e pedi para não gravar no dia seguinte. Eles falaram que não, que eu tinha que gravar. Eu, muito profissional, fui. Hoje em dia, não iria. Pode ser o compromisso que for, nada vai ser mais importante que a minha família, principalmente quando mexe com a saúde’”, comentou, emocionada, a estrela.