Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Emerson Fittipaldi fala de Ayrton Senna: "Um piloto e amigo que nunca iria morrer"

Emerson Fittipaldi dá a sua opinião sobre acidente de Ayrton Senna e relembra momento marcante de sua própria carreira nas pistas

CARAS Digital Publicado em 08/09/2015, às 17h27 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Emerson Fittipaldi no programa de Luciana Gimenez - Fernanda Simão / Divulgação RedeTV!
Emerson Fittipaldi no programa de Luciana Gimenez - Fernanda Simão / Divulgação RedeTV!

O ex-piloto de Fórmula 1 Emerson Fittipaldi é o entrevistado de Luciana Gimenez nesta terça-feira, 8. Durante a conversa, ele relembrou a sua amizade com Ayrton Senna e o acidente que tirou a vida do piloto em 1994. “Para mim, o Ayrton era um piloto e amigo que nunca iria morrer. Você cria aquele ídolo, aquela imagem. Você fala que ele vai sobreviver a qualquer coisa”, disse ele.

Emerson ainda deu a sua opinião sobre o que aconteceu com o carro de Senna no dia da corrida que tirou a vida do amigo. “Eu acho que foi uma falha técnica do carro, porque o Ayrton Senna foi a uma direção sem reação nenhuma. Ele não fez curva, foi reto. E a Williams teve, duas vezes durante aquele ano, testes com o David Coulthard, um ótimo piloto escocês. Ele teve falha mecânica também na direção”.

Na entrevista, Fittipaldi também relembrou um acidente que sofreu em 1996 nas 500 Milhas de Michigan e que o fez decidir pela aposentadoria. “Aquele segundo dura uma eternidade. Você fica sem reação, se segura e fica esperando o melhor. Quando eu tive o acidente, eu pensei nos meus filhos, achei que estava morrendo. Foi um trauma muito grande. Naquela época já eram cinco (filhos). Hoje, com sete, não dá nem pra pensar”.

A atração irá ao ar na RedeTV! a partir das 22h45.