Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
TV / Revelações

Em entrevista para Antonia Fontenelle, Léo Dias fala pela primeira vez após internação

O jornalista ainda revelou ter que voltar para a clínica quando sentir vontade de usar substâncias novamente

CARAS Digital Publicado em 01/10/2018, às 22h45 - Atualizado em 02/10/2018, às 09h58

Léo Dias - Reprodução/Instagram
Léo Dias - Reprodução/Instagram

Após tirar um tempo longe das câmeras para tratar seu vício em cocaína, o jornalista Léo Dias se abriu pela primeira vez em uma entrevista para a youtuber Antonia Fontenelle.

No início, Léo começou explicando que esse tratamento que fez desta vez é completamente diferente dos outros. "É uma internação completamente diferente. Para você ter uma ideia, a ANVISA não autoriza ter restaurantes dentro da clínica. Então, fica de portas abertas o dia inteiro (...) quando você tem consciência de que está doente e precisa se cuidar, aí você vai para essa clínica. Estou em tratamento, mas meu tratamento não é dentro de uma clínica agora. Vou voltar quando sentir vontade de usar cocaína de novo", explicou ele.

Além disso, o artista contou que seu tratamento está sendo feito com uma planta muito forte chamada ibogaína, que tem como objetivo curar o vício. "Durante essa semana a gente recebe doses diárias de ibogaína, mas tem um dia que você recebe uma dose mais forte. Tremia muito, braços pernas e tudo. Na minha visão eu via uns flashs, raios", declarou.

Léo também revelou não beber, não fumar e confessou que seu vício começou na Austrália. "Lá, é droga de elite", admitiu. 

Os influenciadores também conversaram sobre o livro que o jornalista está escrevendo sobre Anitta e ele revelou que há coisas no projeto que nem a cantora sabe. "Eu sei que muitas histórias ali, nem a Anitta sabe. Incrível isso, né? Como pode? Tô fazendo a biografia de uma pessoa e ela não sabe por que tem coisa da família dela. A história do avô dela", confessou. 

Assista o vídeo: