Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Dilma Rousseff, ao lado da filha, brilha no Planalto

Presidente reeleita exibe estilo elegante ao lado da herdeira, Paula

CARAS Publicado em 07/01/2015, às 10h57 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Com look nude e rendado, Dilma desfila em carro aberto até o Congresso Nacional ao lado da única herdeira. - EVARISTO SA/GETTY IMAGES, FABIO BRAGA, JOEDSON ALVES, RICARDO MORAES, UESLEI MARCELINO E ROBERTO STUCKERT FILHO
Com look nude e rendado, Dilma desfila em carro aberto até o Congresso Nacional ao lado da única herdeira. - EVARISTO SA/GETTY IMAGES, FABIO BRAGA, JOEDSON ALVES, RICARDO MORAES, UESLEI MARCELINO E ROBERTO STUCKERT FILHO

O ano de 2015 começou com ode à democracia brasileira com a posse da presidente reeleitaDilma Rousseff (67) no dia 1º de janeiro, em Brasília. Ao lado da única filha, Paula Rousseff Araújo (37), Dilma desfilou em carro aberto, um Rolls Royce que transporta todos os presidentes da República desde a sua fabricação, em 1952, partindo da Catedral Metropolitana da capital federal até o Congresso Nacional.

Elegantes, mãe e filha chamaram atenção pelo estilo clássico, ambas com looks da estilista gaúcha Juliana Pereira, especializada em noivas e debutantes. Desta vez, Dilma deixou o vermelho tradicional para a filha e usou um elegante conjunto nude rendado.

Na rampa da sede do Executivo Federal, Dilma recebeu a faixa presidencial e discursou ao lado do seu vice, Michel Temer (74), acompanhado da mulher, Marcela Temer (31), com charmoso vestido by Martha Medeiros (50), a alagoana mestre das rendas.

“Fui reeleita para continuar mudando o Brasil. E prometo: farei as mudanças”, declarou a presidente. “A população quis que ficássemos porque viu o resultado do nosso trabalho, compreendeu as limitações que o tempo nos impôs e concluiu que podemos fazer muito mais”, disse ela, que venceu Aécio Neves (54) em acirrado segundo turno. “O recado que o povo brasileiro nos mandou não foi só de reconhecimento e confiança mas também de quem quer mais e melhor”, ressaltou.

Primeira mulher a ocupar o cargo mais alto da República, Dilma exaltou o importante papel feminino no País. “Sinto alegria por ter vencido os desafios e honrado o nome da mulher brasileira, de milhões de guerreiras”, frisou a líder, que apontou a educação como meta de seus próximos quatro anos de governo. “Nosso lema será: Brasil, pátria educadora. A educação será a prioridade das prioridades. Só ela liberta um povo e abre as portas para um futuro próspero”, pontuou.

No Congresso, Dilma agradeceu o apoio de Temer, a quem chamou de “parceiro de todas as horas”, e do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (69), a quem deu um abraço caloroso. “Continuo o trabalho extraordinário iniciado por Lula e hoje temos a primeira geração de brasileiros que não vivenciou a fome”, disse. “Dilma tem o povo brasileiro ao seu lado”, emendou Lula.

Após a cerimônia de posse, a presidente cumpriu uma maratona diplomática reunindo-se com autoridades presentes. O primeiro deles foi o vice-presidente dos Estados Unidos, Joe Biden (72), enviado especial de Barack Obama (53). “É de grande relevância aprimorarmos nosso relacionamento com os EUA, por sua importância econômica, política, científica e tecnológica, sem falar no volume de nosso comércio bilateral”, afirmou Dilma, que ainda se encontrou com o presidente do Uruguai, José Mujica (79), do Chile, Michelle Bachelet (63), e com o vice-presidente da República Popular da China, Li Yuanchao (64). “O destino do Brasil nos importa muito”, salientou Mujica.

Um dia após a posse, a presidente seguiu para a Base Naval de Aratu, no litoral baiano, com familiares, incluindo o neto, Gabriel (4). Dilma já havia passado quatro dias em dezembro no local, que é o seu destino de folga desde que assumiu o comando do País, em 2011.