tv

O dia a dia de Cid Moreira e a amada, Fátima

O locutor faz 90 com a saúde perfeita e sem saudades do passado

Ligia Andrade Publicado terça 21 novembro, 2017

O locutor faz 90 com a saúde perfeita e sem saudades do passado
Cid Moreira e Fátima - FABRIZIA GRANATIERI

Os 90 anos recém-completados no dia 29 de setembro não assustam o ícone do jornalismo brasileiro Cid Moreira. “Você tem de aceitar a vida como ela é”, decreta o ex-apresentador do Jor nal Nacional, que estuda propostas de trabalho como locutor e faz palestras pelo País, sem querer ouvir a palavra aposentadoria. Há seis anos ele e a esposa, a jornalista Fátima Sampaio Moreira (54), trocaram o Rio pela tranquilidade da região serrana e há um ano estão em um novo sítio em Pe trópolis. “Em seu aniversário, declamei o Soneto de Fidelidade (Vinicius de Moraes, 1913-1980) e dei 90 beijinhos. Cid merecia uma festa, mas para não ter estresse, comemoramos só nós dois. Ele trabalha o dia inteiro, não consegue ficar parado”, revela Fátima.

Com alma cigana, Cid já pensa em trocar de lar mais uma vez – aliás, uma mudança para os Estados Unidos não está descartada. Completando 17 anos de união, o casal adora bater papo na cozinha e jogar tranca. No entanto, é no estúdio que ele passa a maior parte do tempo. Foi lá onde colocou a voz nos livros deuterocanônicos, complementares à Bíblia, em fase de mixagem.

– Qual a sua relação com a Globo? Ainda é contratado?

– Sim. Só a minha voz já está à disposição e a partir de 2019 poderei voltar a fazer novos trabalhos, se estiver vivo até lá. Todos nós podemos não estar mais aqui amanhã, ninguém sabe.

– Pensa na finitude da vida?

– Não adiantar pensar nisso...

– Sempre foi religioso?

– Desde a infância, só que de forma inconsciente. A família se reunia no quintal, eu abria a Bíblia e lia provérbios.

– Acredita que a divulgação da Bíblia é o seu propósito de vida?

– Todos nascemos com propensão a algo. Para mim está sendo comprovado. Recebo muito mais o retorno das pessoas.

– O que mudou com os 90?

– Nada, só parei de jogar tênis. Dei um mau jeito no músculo, faço pilates, mas a saúde está boa, graças a Deus. Minha pressão é normal, cuido da alimentação. Mesmo assim, o corpo de 90 não é igual ao de 60, 40. Jogava tênis de manhã, de tarde e à noite.

– É saudosista?

– Não, de jeito nenhum. Você tem de aceitar a vida como ela é. Muita gente não aceita...

– Fátima trouxe frescor?

– Claro! Os 17 anos passaram rápido. Ela é jornalista, participa das palestras, escreveu um livro sobre mim. A diferença de idade nunca foi um problema.

– Você diz que sua voz está melhor hoje. Por quê?

– Parece demagogia, mas depois que me dediquei à divulgação da Bíblia melhorou. E continuo mascando gengibre, virou mania.

– Como será o documentário que está sendo feito sobre você?

– É da premiada Clarice Saliby. Boa Noite vai contar um pouco de tudo.

Cid Moreira e Fátima / foto: FABRIZIA GRANATIERI
Cid Moreira e Fátima / foto: FABRIZIA GRANATIERI
Cid Moreira e Fátima / foto: FABRIZIA GRANATIERI
Cid Moreira e Fátima / foto: FABRIZIA GRANATIERI
Cid Moreira e Fátima / foto: FABRIZIA GRANATIERI
Cid Moreira / foto: FABRIZIA GRANATIERI
Cid Moreira / foto: FABRIZIA GRANATIERI
Cid Moreira / foto: FABRIZIA GRANATIERI

Último acesso: 04 Dec 2021 - 20:01:23 (295020).

Leia também

TV CARAS