Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
TV / Desabafo

Débora Nascimento relembra assédio em avião: ''Difícil''

Débora Nascimento se emocionou ao relembrar assédio dentro de um voo

CARAS Digital Publicado em 24/06/2019, às 13h34 - Atualizado às 13h55

Débora Nascimento - Reprodução/Instagram
Débora Nascimento - Reprodução/Instagram

Débora Nascimento marcou presença no programa "Encontro" na manhã desta segunda-feira, 24, e relembrou um assédio que sofrido dentro de um avião.

Aos 34 anos, a atriz se emocionou ao vivo. "Aconteceu comigo numa viagem internacional, num voo. Eu era mais novinha, tinha mais ou menos uns 19 anos e eram aqueles voos de 11 horas. Sentei na janela e o homem sentou no corredor e passa algum tempo de viagem, ele começou a se expandir. Aí começou a encostar a perninha, começou a encostar o braço e eu só observando. Aí você já começa a ficar gelada, é muito difícil, você começa a achar que é da sua cabeça também", disse.

Na ocasião, a morena chorou ao falar sobre a situação e afirmou que estava sozinha. "Tinha cobertor e eu sentia que ele estava chegando perto. Eu me mexia e dava uma cutucava, uma joelhada. Passavam 20 minutos, ele se expandia de novo e começou a mexer a perna, a querer tirar proveito da situação", confessou.

Débora ainda ressaltou que tomou coragem de se manifestar e falou com o homem. "Até que eu falei: 'Opa, peraí, a gente tem um espaço aqui, você fique no seu espaço. Entenda que esse aqui é o meu espaço. Eu sou grande também, preciso do meu conforto, então, por favor, recolha sua perna, recolha o seu braço. Eu me tremia e olhava para a comissária de bordo, procurando uma empatia, um apoio. Mas o fato de eu ter falado mais alto deixou ele muito constrangido porque as pessoas olharam. Mas eu estava tremendo e morrendo de medo o resto da viagem. Eu não dormi, cheguei em casa cheia de dor", concluiu.