Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Corpo de James Gandolfini chega aos EUA; funeral será na quinta-feira

Morto na semana passada em Roma, na Itália, Gandolfini será velado em Nova York

CARAS Online Publicado em 24/06/2013, às 11h59 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Corpo de Gandolfini chega aos EUA - Getty Images e Grosby Group
Corpo de Gandolfini chega aos EUA - Getty Images e Grosby Group

O corpo de James Gandolfini, morto na última semana em Roma após sofrer um infarto, finalmente chegou aos Estados Unidos.

Com ajuda diplomática do ex-presidente Bill Clinton, e a a ex-secretária de Estado dos EUA, Hillary Clinton, o corpo foi transferido da Itália neste domingo e desembarcou no Newark International Airport, em Nova York.

+ Relembre a carreira de James Gandolfini, morto aos 51 anos em viagem na Itália

Gandolfini falaceu na última quarta-feira (19) em Roma. Com prazos burocráticos regulares de sete dias, o corpo conseguiu ser transferido para os Estados Unidos em apenas quatro dias.

"Em nome da família de Gandolfini, gostaria de agradecer por toda a assistência recebida pelas autoridades italianas em relação às formalizações necessárias para repatriar James Gandolfini nos Estados Unidos", disse Michael Kobold, porta-voz da família.

"Estamos completamente conscientes de que o o processo normal leva sete dias para ser concluído, mas estamos extremamente agradecidos pela eficiência em lidar com essa questão", completou Kobold, agradecendo a hospitalidade do povo italiano apesar das circustâncias adversas.

O porta-voz também aproveitou para agradecer a ajuda do governo dos EUA, bem como o empenho pessoal de Bill e Hillary Clinton para agilizar o processo.

O funeral será realizado na próxima quinta-feira (27) na Catedral Saint John the Divine, na ilha de Manhattan, em Nova York.

+ Morte de James Gandolfini pegou familiares de surpresa; ator estava feliz por ter voltado à Itália

+ John Travolta relembra o apoio de James Gandolfini quando o seu filho morreu