Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
TV / Recuperação

Conrado soube da morte de Aleksandro ainda no acidente de ônibus

Conrado relembra como foi o acidente de ônibus que tirou a vida do cantor Aleksandro e de outros cinco integrantes da equipe da dupla sertaneja

CARAS Digital Publicado em 11/07/2022, às 10h39

Conrado no programa Fantástico - Foto: Reprodução / Globo
Conrado no programa Fantástico - Foto: Reprodução / Globo

O cantor João Vitor Moreira Soares, o Conrado, relembrou o acidente de ônibus em uma entrevista ao Fantástico, da Globo. Ele contou que soube da morte do amigo Aleksandro, com quem fazia dupla, quando ainda estava no local do acidente, antes de ser resgatado para o hospital.

Ele disse que lembrou da morte do amigo após acordar do coma no hospital. “A minha mãe estava do lado e eu falei para ela assim: 'mas que pena, eu perdi o Aleksandro'. Ela falou: 'mas como você sabe?'. Eu falei: 'na hora do acidente eu estava consciente e eu escutei'”, disse ele.

Então, Conrado lembrou do dia do acidente. "Lembro que eu entrei no ônibus, coloquei meu celular pra carregar e dormi", revelou, e completou: "Eu consegui me segurar em uma tábua que tinha. Ali eu acho que foi primordial pra eu não sair do ônibus, não ser jogado. Eu fiquei realmente preso, meio com essa parte das costas pra fora do ônibus".

Conrado recebe alta hospitalar

O sertanejo Conrado recebeu alta hospitalar no dia 22 de junho, após ficar internado por 46 dias

“Foi um mês e meio de muito cuidado, procedimentos delicados, paciência e orações. Gostaríamos de agradecer todo o repseito e sensibilidade com que os amigos da imprensa trataram esse momento tão delicado. Perdemos seis amigos de equipe, dois ainda estavam se recuperando de quadros considerados graves e tratados pela própria equipe médica como milagre. Foram dias difíceis e ainda precisamos prezar pela saúde e privacidade dos dois. Assim que eles se sentirem confortáveis, vão se pronunciar publicamente”, informou a equipe dele.