Com temática sobrenatural e elenco afiado, 'Espelho da Vida' emociona público e termina em alta

Trama das 18 horas abordou o espiritismo em duas épocas e encantou telespectadores

Felipe Gatto Publicado terça 2 abril, 2019

Trama das 18 horas abordou o espiritismo em duas épocas e encantou telespectadores
"Espelho da Vida" foi escrita por Elizabeth Jhin - Divulgação/TV Globo

Na noite desta segunda-feira, 1, foi ao ar pela TV Globo o último capítulo da novela Espelho da Vida, obra que será substituída por Órfãos da Terra.

O trabalho foi mais um na lista de folhetins com temática espírita da autora Elizabeth Jhin, responsável por outros sucessos na faixa das 18 horas da emissora, como Escrito nas Estrelas (2010) e Além do Tempo (2015).

Apesar de propor uma narrativa que mesclava presente com passado e por vezes ter confundido a cabeça dos telespectadores mais conservadores, a trama conseguiu chegar ao fim com um saldo mais positivo do que negativo.

Se por um lado o enredo de Espelho da Vida demorou muito para engrenar, seja pela distinção dos dois universos paralelos, seja pela exaustão de detalhes minuciosamente revelados ao público, por outro, a novela acertou no tom na emoção.

O texto eficaz e bem amarrado da autora, que priorizou os diálogos requintados e com o dom de aguçar a curiosidade do público - sem nunca subestimar a sua inteligência - foi certeiro do início até o final. Bem como a escalação do elenco.


(Vitória Strada viveu duas personagens na novela - Divulgação/TV Globo)

Irene Ravache, João Vicente de Castro, Alinne Moraes, Rafael Cardoso, Felipe Camargo e Ana Lúcia Torre foram apenas alguns nomes que brilharam na produção, que ainda trouxe de volta artistas que andavam longe da dramaturgia, caso de Vera Fischer, Evandro Mesquita e Luciana Vendramini.

Não podemos deixar de destacar o trabalho da protagonista Vitória Strada, que apesar de ainda só ter participado de duas novelas, conseguiu acertar em cheio o tom das suas duas personagens, Cris e Julia Castelo, trazendo uma atuação segura mas ao mesmo tempo delicada e cheia de nuances diferentes.

Para fechar o quesito elenco, Espelho da Vida ainda contou com algumas (boas) surpresas. As presenças de Kéfera Buchmann e Thati Lopes renderam excelentes momentos cômicos e de respiro para uma história densa e rebuscada. Além delas, a dupla de adolescentes formada por Débora Ozório e Catarina Carvalho, que viveram as amigas Patrícia e Michele, respectivamente, conferiu um ar de frescor para o folhetim das 18 horas.


(Patrícia e Michele foram duas personagens de destaque do núcleo jovem - Divulgação/TV Globo)

A trilha sonora de bom gosto foi um caso à parte. A emoção ficou por conta de Always (Gavin James), Oração ao Tempo (Maria Bethânia) e João de Barro (Leandro Leo). Já a diversão apresentou O Sol (Vitor Kley), Só Você (Fábio Junior) e We Can Do Better (Matt Simons).

Com relação aos números de audiência, Espelho da Vida decolou apenas em sua reta final. A média da trama foi de 17,5 pontos na Grande São Paulo, ficando atrás das suas antecessoras no horário, caso de Orgulho e Paixão, Tempo de Amar e Novo Mundo.


(A veterana Irena Ravache novamente brilhou em uma produção da Globo - Divulgação/TV Globo)

Se no ibope o folhetim não atingiu nem de longe a marca esperada pela Globo, não podemos falar o mesmo das redes sociais. Com um público cativo, a trama não raramente aparecia como um dos assuntos mais comentados do Twitter. O último capítulo causou um rebuliço na internet e os fãs de Cris, Alain e Daniel fizeram o desfecho bombar na web.

Enquanto Alain se acertou com a Doutora Letícia (Letícia Persiles), Cris e Daniel finalmente conseguiram ficar juntos e agradar o público de casa que torcia pela felicidade dos protagonistas com seus novos pares.

Entre erros e (vários) acertos, Espelho da Vida terminou como uma novela sensível, emocionante e inteligente, passando a atemporal mensagem de que o tempo não pára e, por conta disso, devemos aproveitá-lo ao máximo. "Não desperdice o tempo como se ele fosse infinito."

Último acesso: 01 Dec 2021 - 01:21:34 (316755).

Leia também

TV CARAS