Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
TV / BBB

Com ciúme, Laisa ameaça terminar romance com Yuri

Depois de ver Yuri passar a mão na barriga de Fabiana, Laisa afirma que tudo está ‘encerrado’ entre eles

Redação Publicado em 25/01/2012, às 13h49 - Atualizado em 08/08/2019, às 15h43

BBB12: Laisa e Yuri - Divulgação/ Rede Globo
BBB12: Laisa e Yuri - Divulgação/ Rede Globo

Laisa (23), que está se relacionando com Yuri (26), não gosta de ver o professor de muay thai passar a mão na barriga de Fabiana (35) e ameaça terminar romance. "Não foi legal. Acabou. Encerrou. Você quer me impor respeito, mas não faz por merecer. A história tem que ser de mão dupla. Vamos ficar de boa, mas encerrou", afirma a estudante de medicina. "Encerrou o que, nós dois?", pergunta ele. “Sim", responde a morena.

O lutador se explica, porém, Laisa se mantém convicta. "Não interessa. Agora, você encosta em quem você quiser. Fica tranquilo. Não estamos mais juntos. Você fica de papinho. Vou ficar assim também", diz. "Não fiz nada disso. Não é possível”, discorda o “brother”.

Insistente, ele diz que quer ficar com ela e pede perdão por sua atitude. "Mesmo que você tenha razão, estou pedindo desculpas. Ontem você fez coisas que eu não gostei. Então você não quer estar comigo. Os dois têm que ceder. Eu sou louco por você, para com essa besteira", implora o goiano, roubando um beijo da morena.

Minutos depois, o casal volta a conversar e Laisa diz que ele tem sorte deles estarem dentro da casa. "Porque se fosse lá fora, eu ia te destruir", brinca a gaúcha. "Me perdoa, pelo amor de Deus! Não quero ficar mal com você não. Você tem ‘pilha’ com ela (Fabiana) e mistura as coisas", afirma Yuri. Ela acaba admitindo que se sente incomodada com a “sister” e diz: "Desculpar eu desculpo, mas perdoar eu não perdôo [risos]".

Ao falar da discussão com Rafael (35), o lutador diz. "Que ciumeira boba. Ela é muito ciumenta. E a outra ainda fica botando pilha ainda".