Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
TV / Exclusiva!

Claudia Di Moura vive momento especial na carreira: ''Minha preferência sempre foi e será bons papéis''

Em entrevista exclusiva, Claudia Di Moura falou de seu papel em Cara e Coragem, deu detalhes sobre outros projetos e ainda revelou planos futuros

Valentina Rosa Publicado em 20/07/2022, às 14h41

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Claudia Di Moura celebra sua personagem em Cara e Coragem - Vinícius Mochizuki
Claudia Di Moura celebra sua personagem em Cara e Coragem - Vinícius Mochizuki

Claudia Di Moura não poderia estar em melhor fase na carreira. Além de estar nas telinhas como Martha Gusmão em Cara e Coragem, a atriz está atuando em dois filmes que serão lançados em breve e ainda fez uma participação na série Sob Pressão, do Globoplay. 

Para celebrar esse momento especial, Claudia bateu um papo com a CARAS Digital e falou sobre os bastidores da novela, como foi fazer esses filmes e ainda o que podemos esperar dela no futuro. 

Cara e Coragem não é o primeiro trabalho de Claudia na TV. Ela já interpretou a Zefa na novela das 21h, Segundo Sol, de 2018. Entretanto, seu trabalho atual é o primeiro das 19h, algo que, para ela, tem diferenças e similaridades: "O horário determina uma mudança de tom, apesar de a minha personagem ter complexidade e dramaticidade compatíveis com o horário das 21h.".

O convite para participar da atual trama das 19h aconteceu por meio da diretora artística, Natália Grimberg: "O convite surgiu da direção artística, liderada por Natália Grimberg. Me chamou atenção que a Martha estaria numa posição de poder absolutamente diferente das personagens que eu já havia interpretado anteriormente.". 

Além disso, o fato de quase toda a produção ser composta por mulheres, também chamou atenção de Claudia: "Outro elemento que também me acolheu em "Cara e Coragem" foi o fato de ela ser uma novela escrita, dirigida e produzida por mulheres, além de ter uma presença feminina muito grande no corpo técnico.", contou. 

Durante as gravações, a atriz é rodeada de grandes nomes da atuação como Taís Araújo (43), Ícaro Silva (35) e Sérgio Loroza (55). Para ela, é muito gratificante atuar com cada um deles, além disso ter uma grande simbologia: "Tem sido, ao mesmo tempo, solene e familiar. Compartilhar, diariamente, a tela da televisão com outros atores negros, entre eles a pioneira Taís Araújo, e em uma configuração tão diferente do que normalmente é associado a nós, é mobilizador, inspirador e histórico." A artista ainda garante que o clima nos bastidores é extremamente: "leve, descontraído, amistoso, respeitoso e afetuoso.". 

Durante o papo, ela inclusive lembrou de um momento marcante que aconteceu bem no início das gravações: "Um marco profundo nesta novela foi uma das primeiras cenas onde minha personagem desce de um jatinho particular, não apenas trazendo consigo o seu estofo dramatúrgico, mas também servindo de espelho para os 56% de autodeclarados pretos e pardos do Brasil, juntamente com os povos indígenas. E, assim, algo que poderia ser um gesto banal, torna-se representatividade.", disse ela, emocionada. 

Claudia Di Moura: das telinhas para as telonas! 

Além de estar na TV, em breve também poderemos ver Claudia Di Moura nas telonas, em dois filmes: Terapia da Vingança, previsto para lançar ainda este ano, e Arcanos. Com exclusividade, a atriz contou um pouco sobre como serão esses novos projetos: "Em Arcanos, uma comédia de costumes repleta de dramas e mistérios, eu interpreto a irmã da personagem de Lília Cabral e tive a imensa honra de cantar ao lado de Alcione, tendo como pano de fundo o esplendor das paisagens maranhenses. Já em Terapia da Vingança, um filme de Marcos Bernstein, eu dou vida à sogra da personagem interpretada por Cláudia Abreu. Esta é uma história densa de drama, suspense e ação."

Outra participação importante que veremos de Claudia nas telinhas é na série Sob Pressão, atualmente no Globoplay, na qual ela atua como Maria: "Eu estava em Porto Seguro quando recebi o convite da Globo para esse papel. A partir daí,  fui para o Rio para uma leitura com o diretor Andrucha Waddington. Logo depois, recebi a confirmação desse grande presente."

"Dona Maria é a representação de uma figura materna universal para nós, povo brasileiro. É uma mulher que, a despeito de todas as pequenas e grandes tragédias do cotidiano, segue contagiando a todos com sua inesgotável esperança.", continuou ela. 

E o futuro? 

Claudia recorçou que, mesmo tendo uma extensa carreira no cinema e no teatro e agora também na TV, não tem preferencia por nenhum meio: "Minha preferência sempre foi e será bom bons papéis através dos quais eu possa dizer o que me interessa. O que a TV Globo traz de mais particular é o imenso alcance, permitindo que eu esteja na casa de milhões de brasileiros e brasileiras, a quem agradeço a honra de sua hospitalidade."

E ainda aproveitou para agradecer os fãs que ganhou com sua visibilidade nas telinhas: "Todo o carinho que tenho recebido desde a minha estreia, minha relação com os fãs é de gratidão. E não poderia ser diferente!"

Por fim, Claudia ainda revelou, sem dar muitos spoilers, do que veremos futuramente com ela: "Tenho projetos para TV e outros meios. Tenho certeza de que, em breve, terei mais notícias sobre eles."

Siga a CARAS no Helo e acompanhe nosso conteúdo!

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!