tv EXCLUSIVO

Chris Flores fala sobre a 4ª temporada de 'Fábrica de Casamentos': ''O amor vale a pena''

A 4ª temporada de Fábrica de Casamentos estreia neste sábado, 27, e Chris Flores dá detalhes do que podemos esperar

Bárbara Moura Publicado sexta 26 junho, 2020

A 4ª temporada de Fábrica de Casamentos estreia neste sábado, 27, e Chris Flores dá detalhes do que podemos esperar
Chris Flores fala sobre a 4ª temporada de 'Fábrica de Casamentos': ''O amor vale a pena'' - Gabriel Cardoso/SBT

Mais um programa para animar a quarentena! Neste sábado, 27, o SBT estreia a 4ª temporada de Fábrica de Casamentos, com sete episódios inéditos que irão ao ar a partir das 22h30. 

A apresentação fica por conta de Chris Flores e Carlos Bertolazzi, além do time de especialistas: a decoradora Mari Dedivitis, o maquiador Junior Mendes, o cabeleireiro Robson Jassa, o estilista Lucas Anderi e a chef confeiteira Beca Milano.

Em entrevista exclusiva à CARAS Digital, Chris Flores contou o que podemos esperar dessa nova temporada. No primeiro episódio, seremos apresentados ao casal Flávia e Leandro, que namoraram na adolescência e se reencontraram 10 anos depois.

Sobre o casal, a apresentadora ressaltou o que mais a marcou: "A persistência. Tem momentos na vida, que você conhece uma pessoa, parece que ia dar tudo certo, mas dá tudo errado. Aí, parece que essa pessoa vai sumir da sua vida e que tudo acabou. Não era aquele momento, não significa que não seja aquela pessoa, mas não era aquele momento. Acho que esse casal vai trazer um alento para muitas pessoas, que talvez tenham vivido uma história, que não tenha dado certo em um momento, mas elas ainda guardam o amor, sentimento por alguém e quem sabe com esse casamento não se inspirem a procurar essa outra pessoa e tentar dar uma nova chance para o amor, para o relacionamento".

Ainda neste episódio, teremos uma participação mais que especial: Gretchen! "A ideia surgiu porque o noivo quer fazer uma dança surpresa para a noiva, só que ele é muito travado, nunca tinha dançado, não conseguia rebolar nem fazer nada. Pensamos em quem poderíamos chamar para dar aula de dança para ele, para ficar mais solto, ficar mais desenvolto e pensamos no ícone, óbvio, na Gretchen. Além dela ser a rainha do rebolado, ela é muito divertida, tinha que ser uma pessoa que levasse para o lado do humor porque o noivo é muito divertido. Foi o máximo, os convidados amaram!", explicou Chris.

Uma das novidades desta temporada é o Beca Móvel, ateliê móvel que também funcionará como transporte dos bolos: "Foi uma ideia genial e necessária, sempre era um momento de muita tensão para a Beca, fazer o transporte do bolo do ateliê dela até o SBT, que é onde acontece a festa. Os bolos dela são gigantes, cheios de mecanismos, todo decorado, flores super delicadas que se encostar quebram… Então, o carro foi preparado para isso, para esse transporte. Ele ganhou algo muito especial que quando a gente vai até um casal ou familiar, ele pode levar toda a estrutura que a Beca tem no ateliê, e mostrar o que ela tem de recurso para fazer o bolo, para os noivos poderem ajudar na escolha da cor, do formato", disse a apresentadora.

Chris ainda revelou que os telespectadores podem esperar muitas coisas diferentes nessa temporada, e contou a história de um casal marcante: "A gente teve um casal, que são muitos religiosos, ele quase se tornou padre e ela quase se tornou freira. Eles se conheceram numa escola religiosa, e começaram a namorar, perceberam esse amor… Teve essa crise de decidirem ficar juntos, e casar, questionamentos se iriam abandonar a vocação, perguntavam se isso era pecado… É uma discussão muito bonita que a gente vai ter ali, e quando conversamos com um Frei muito especial, da igreja em São Francisco, ele disse uma coisa muito bonita... O Padre Reginaldo Manzotti também participou com a gente e disseram a mesma coisa, que na verdade a vocação que eles tinham era em fazer o bem, querer o bem do próximo, em passar a palavra. E isso também pode ser feito por um casal. (...) Eu acho legal que a gente pode trazer essas histórias reais, que acabam discutindo várias formas de amor, várias maneiras de se relacionar".

Mesmo após quatro temporadas, a jornalista afirma que a emoção ainda é a mesma: "Cada história é muito diferente, por mais que a base seja a mesma, um casal que se ama e quer realizar o sonho do casamento, é tudo sempre muito diferente. A maneira como as pessoas se relacionam, as histórias como foram construídas, como o casal se conheceu. Cada um ama de um jeito, cada um se relaciona de um jeito, e isso que engrandece, que faz o programa ser um sucesso. As pessoas acabam se identificando de alguma maneira, com aquela história, com aquela família. A gente conta mais do que a história só do casal, a gente conta a história de duas famílias que tão se unindo naquele momento. (...) São vidas reais, histórias que estamos contanto para as pessoas, para que possam se inspirar e perceber que o amor vale a pena de qualquer maneira". 

A apresentadora também ressalta a importância de realizar sonhos: "As pessoas têm sonhos íntimos, que as vezes duram a vida inteira. Um sonho de criança, da adolescência, tem o sonho da maturidade… Eu acho que a gente vive um momento onde os sonhos acabaram morrendo. A gente estava num período muito desacreditado de sonhos, ainda está. Agora então, com essa pandemia, tá muito difícil. Acho que quando o Fábrica chegou, há 4 anos, ele resgatou o sonho das famílias.  As pessoas se sentem menos sozinhas sonhando alguma coisa que, ao ver delas, é algo impossível, e quando você realiza algo fantástico, extraordinário, as pessoas começam acreditar que pode ser que aconteça o sonho dela também", concluiu.

Receba notícias da CARAS Brasil no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!

Último acesso: 29 Sep 2020 - 12:31:52 (355424).

TV CARAS