Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Carolina Oliveira fala sobre seu papel na próxima novela, 'Lady Marizete'

"Ano que vem vou estar em Lady Marizete. Fiz um teste e o Wolf Maia adorou. Minha personagem é da favela, do núcleo engraçado", revela a atriz que volta das férias da TV

CARAS Digital Publicado em 12/11/2014, às 15h40 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Carolina Oliveira - Alle Peixoto
Carolina Oliveira - Alle Peixoto

Mesmo sendo difícil, é preciso aceitar que a menininha de Hoje é Dia de Maria, de 2005, cresceu. Carolina Oliveira (19) acha graça quando é abordada nas ruas com comentários como: “É você? Nossa, estou velho!”. “Parece que as pessoas esquecem que todo mundo cresce um dia”, diz a atriz de 1,60m, 45kg e corpo esculpido pelo balé, em viagem a Belém, no Pará, para acompanhar o namorado, o jogador profissional de pôquer Felipe Mojave (31). Longe da TV desde Ti Ti Ti, em 2010, e de uma participação na série As Brasileiras, em 2012, Carolina celebra seu retorno à Globo na próxima trama das 7, Lady Marizete, no segundo semestre de 2015. Além disso, se prepara para o musical Dias de Luta, Dias de Glória, em fevereiro, em SP, sobre a vida de Chorão (1970–2013) e a carreira da banda Charlie Brown Jr.

– Como foi a viagem?
– O máximo. Acompanhei meu namorado, que estava lá a trabalho, e visitei algumas amigas. O que mais fiz foi comer. Comi os peixes filhote e pirarucu e tomei sorvete de açaí com tapioca. 

– Já tinha visitado a cidade?
– Sim, foi em 2008, quando filmei Encantados, de Tizuka Yamasaki, no qual vivo uma pajé da Ilha de Marajó, que se apaixona por um homem encantado. Passou na Mostra de São Paulo.

– Se considera 100% adulta?

– Sim, não moro mais com meus pais, moro com meu namorado, lavo a minha roupa e faço a minha comida, mesmo que não seja tão boa!

– Como foi sair de casa?
– Foi um processo natural, sem drama. Meus pais queriam voltar para São José dos Campos, SP, onde está toda minha família, e aceitaram numa boa.

– Sonha em se casar?

– É esquisito, pois tenho o sonho de me casar, mas nunca gostei de dar festas. Eu e Felipe até falamos disso, mas está cedo. Não dou muito peso para essas coisas.

– E filhos?

– Tá doida? Aí não, não é? Eu já tenho um filho, o Black Jack, um spitz alemão anão! (risos)

– Volta às novelas?
– Ano que vem vou estar em Lady Marizete. Fiz um teste e o Wolf Maia adorou. Minha personagem é da favela, do núcleo engraçado. Estou ansiosa para minha primeira comédia!

– E você fará um musical?
– Estou aprendendo a me soltar. O balé me deixou dura na parte de cima, mas me ajudou na parte de decorar coreografia. Serei Thais Lima, primeira mulher do Chorão, mãe do Alexandre. Conheci o Chorão no Altas Horas, em 2005, e ficamos amigos. Ele me incentivou a cantar, cheguei a mostrar para ele uma composição minha. Não sou uma supercantora, mas quis participar porque cresci ouvindo Charlie Brown.

– Como foram as férias da TV?
– Fiz muitos cursos e um ano de Jornalismo, mas não gostei. Além disso, viajei demais. Fui à França, Alemanha, Portugal e Estados Unidos.