Brincadeira de dominó humano do 'Caldeirão do Huck' termina com senhor indo parar no hospital

Dominó humano do 'Caldeirão do Huck' termina com ambulância e hospital

CARAS Digital Publicado segunda 19 agosto, 2019

Dominó humano do 'Caldeirão do Huck' termina com ambulância e hospital
Dominó Humano no Caldeirão do Huck - Reprodução/Globo

Um dos quadros do Caldeirão do Huck do último sábado, 17, se propôs a bater um recorde mundial.

Com esse objetivo, a Globo e uma marca de colchões entraram para o Guinness World Records após fazerem o maior dominó humano, com 2019 colchões.

Mas a brincadeira que tinha tudo para ser um feito incrível acabou de uma maneira desagradável. Um senhor, que não teve a identidade revelada, acabou se machucando quando foi atingido por uma 'peça' do dominó humano, e precisou sair do local de ambulância.

Em um comunicado ao blog do Leo Dias, a emissora explicou o ocorrido: "Enquanto participava da gravação, um dos participantes sentiu dores no joelho e avisou à produção ao final da dinâmica, relatando também que já tinha problemas nesta articulação. Após receber os primeiros atendimentos dos bombeiros e equipe médica que acompanhavam a gravação, ainda no local, foi levado para o hospital para avaliação e recebeu alta no mesmo dia".

Para organizar o jogo gigante, que durou dois meses, as equipes ocuparam todo espaço de um dos pavilhões do Riocentro, centro de exposições no Rio de Janeiro, que conta com uma metragem de mais de 21 mil m².

O objetivo era vencer o recorde de 2016 pessoas conquistado pela China há três anos. Além disso, todos os colchões usados na ação foram doados para instituições de caridade.

 

Último acesso: 06 Dec 2021 - 18:20:17 (326473).

Leia também

TV CARAS