Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
TV / Polêmica

No Brasil, Biel abandona programa após jornalista desejar sua morte

O cantor ainda foi contido por um segurança do estúdio

CARAS Digital Publicado em 23/10/2018, às 18h19 - Atualizado em 24/10/2018, às 12h25

Biel - Reprodução YouTube
Biel - Reprodução YouTube

Biel recebeu um convite para participar  de uma entrevista na rádio para o programa Pânico nesta terça-feira, 23, mas as coisas acabaram saindo de controle.

Amanda Ramalho, uma das apresentadoras da atração, relembrou as denúncias criminais de assédio sexual e agressão atribuídas ao cantor e as coisas começaram a esquentar. "Você casou, separou, foi acusado de agressão, foi agredido...", disse Amanda, que foi interrompida por Biel. "Você viu o que você acabou de falar? Eu fui acusado de agressão", rebateu.

Biel não ficou muito contente de ter o assunto exposto novamente e resolveu confrontar Amanda sobre uma afirmação feita por ela quando ele se mudou para os EUA em 2016 com a até então esposa, DudaCastro, desejando que ele morresse e não viajasse.

Irritado, o funkeiro declarou que tinha um vídeo da jornalista fazendo a citação polêmica e que poderia mostrar para ela, mas não foi preciso, pois ela mesma confirmou que realmente disse aquelas coisas.

Sem sucesso, Emílio Surita tentou acalmar os ânimos, mas o bate boca entre a repórter e o convidado seguiu até um ponto verbalmente agressivo. "A palavra tem poder", disse o artista. "Que pena que a minha não rolou", alfinetou Amanda, falando sobre a morte do funkeiro novamente.

O clima ficou superpesado e então o artista se levantou no meio da discussão e caminhou até porta para deixar o estúdio, quando foi contido por um segurança que tentou mantê-lo no local -- em vão.

Após o artista deixar o estúdio, Emilio ainda deu uma bronca em Amanda e pediu para ela também sair do local.